1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Ricardo Oliveira reclama do calor em jogo às 11h: 'Desumano'

- Atualizado: 06 Fevereiro 2016 | 14h 01

Atacante desabafa após marcar o gol da vitória santista

Herói da vitória do Santos por 2 a 1 sobre o Ituano, neste sábado, ao marcar um gol de pênalti aos 51 minutos do segundo tempo, o atacante Ricardo Oliveira reclamou da decisão da diretoria de marcar o jogo para 11h. A partida estava agendada para quarta-feira, às 19h30, mas foi antecipada a pedido do Santos.

"É desumano jogar futebol num horário desses, com o sol do meio-dia na cabeça. O torcedor quer ver espetáculo, um jogo bonito, mas não dá", disse Ricardo Oliveira.

Ricardo Oliveira reclama do calor em jogo disputado às 11h
Ricardo Oliveira reclama do calor em jogo disputado às 11h

O presidente do Santos, Modesto Roma Junior, esperava lotar a Vila Belmiro com a mudança da data do jogo. A expectativa era que os turistas que fossem a Santos para o feriado do Carnaval comparecessem em bom número na Vila. O público, no entanto, foi pequeno: 5.501 pagantes. A renda também foi decepcionante: R$ 215.590,00.

Segundo o técnico Dorival Junior, o Santos solicitou a mudança da data do jogo à Federação Paulista de Futebol porque, na madrugada de segunda-feira, jogadores e integrantes da comissão técnica vão participar do desfile da Grande Rio, no Rio de Janeiro, em homenagem à cidade do Santos.

Santos em 2016
Heuler Andrey
Santos em 2016

Gabriel lamenta gol de Paulo André que deu vitória ao Atlético-PR contra o Santos: 1 a 0

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX