Nelson Perez/Fluminense
Nelson Perez/Fluminense

Richarlison confia no ataque do Fluminense para avançar na Copa do Brasil

Cariocas recebem o Grêmio nesta quarta-feira, às 19h30, no Maracanã

O Estado de S.Paulo

30 Maio 2017 | 16h14

O atacante Richarlison disse em entrevista coletiva nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, que confia no desempenho do ataque do Fluminense para reverter a vantagem obtida pelo Grêmio na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil e avançar às quartas. As duas equipes se enfrentam nesta quarta-feira, às 19h30, no Maracanã. No jogo de ida, os gaúchos venceram por 3 a 1.

"Nós estamos tranquilos. Creio que a gente tem um dos melhores ataques do Brasil e isso vai fazer a diferença amanhã. Espero estar em uma noite inspirada para ajudar o Fluminense e fazer gols. Os gols saem naturalmente. Primeiro, temos que pensar em fazer um e depois, em fazer o segundo", projetou o atacante.

Richarlison também convocou a torcida a comparecer e incentivar os jogadores em busca da classificação. "O torcedor tem que comparecer, estamos precisando do resultado e com eles lá no estádio, vai nos ajudar muito. Estamos precisando de dois gols e acho que se a torcida comparecer em peso, vai nos ajudar a reverter esse placar", destacou o jogador.

O atacante exaltou a evolução que teve desde a entrada no time titular e promete manter o ritmo. Richarlison ainda lamentou as ausências do meia equatoriano Sornoza e do atacante Wellington, ambos lesionados. "A marcação já era difícil e agora, fica mais difícil ainda com a saída deles", avaliou.

O elenco do Fluminense treinou no período da manhã desta terça-feira no CT Pedro Antonio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Para superar o Grêmio na eliminatória da Copa do Brasil, o time carioca precisa vencer a partida por 2 a 0. Se for vazada, a equipe terá de vencer o adversário por três gols de vantagem para avançar no torneio.

Mais conteúdo sobre:
Futebol futebol Copa do Brasil Fluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.