River e Libertad fecham "primeira etapa" da Libertadores

River Plate e Libertad se enfrentam nesta quinta-feira, no Monumental de Núñez, em Buenos Aires, na última partida da Libertadores antes da Copa do Mundo. A competição sul-americana de clubes será interrompida, e apenas em julho acontecem os jogos de volta das quartas-de-final. O técnico do River, Daniel Passarella, não pretende se arriscar muito no ataque, mesmo jogando em casa. "Conhecemos o poderio do Libertad, um time que vai nos criar mais problemas que o Corinthians", disse o treinador. "Devemos atacar com cuidado, seria um erro gravíssimo arriscar tudo nesse jogo." Do lado do Libertad, o técnico Gerardo Martilo também não pretende arriscar muito. "O River precisa vencer em casa, por isso vamos tentar pará-los para facilitar a definição em nossa casa", explicou. Os dois times já enfrentaram antes, na fase de grupos da competição - estavam no Grupo 8, o mesmo do Paulista. A vitória por 1 a 0 em Buenos Aires, na última rodada, classificou o River para as oitavas-de-final. Em Assunção, o Libertad, que se classificou em primeiro no grupo, havia vencido por 2 a 0. A partida será realizada às 21h15 (horário de Brasília), com arbitragem do brasileiro Carlos Eugênio Simon. E o Sportv 2 transmite ao vivo. O vencedor desse duelo enfrenta, nas semifinais, o ganhador de LDU x Internacional - nesta quarta, o time equatoriano venceu o primeiro jogo, em Quito, por 1 a 0.

Agencia Estado,

11 Maio 2006 | 08h57

Mais conteúdo sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.