Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Robinho ironiza pedido da torcida por vinda de camisa 10 ao Palmeiras

Futebol

César Greco/Divulgação

Esportes

Palmeiras

Robinho ironiza pedido da torcida por vinda de camisa 10 ao Palmeiras

Jogador diz ter papel de meia e destaca assistências para gols

0

O Estado de S. Paulo

08 Fevereiro 2016 | 16h47

O meia Robinho, do Palmeiras, ironizou nesta segunda-feira o pedido de alguns torcedores da equipe pela contratação de um típico camisa 10 para armar jogadas. A reclamação é antiga, começou no ano passado depois da saída de Valdivia, e para o atleta, a vinda desse tipo de reforço não é necessária e nem mudaria a sua forma de atuar.

"Eu nem ligo. Estou nem aí. Deixo falar e faço meu trabalho. Dois jogos, três assistências, alguns chutões errados que acabaram dando certo. Faço a minha função. Se chegar outro meia vou trabalhar do mesmo jeito", disse Robinho durante entrevista coletiva na Academia de Futebol. O elenco se reapresentou nesta segunda-feira depois de dois dias e tem como próximo compromisso a partida com o Oeste, em Itápolis, na quinta-feira.

A partida pelo Campeonato Paulista é a chance para o clube se reabilitar do empate em 2 a 2 em casa na última rodada, com o São Bento, no Pacaembu. "Perdemos muitos gols. É começo de temporada, não é um resultado anormal. O São Bento tem jogadores rodados e conhecidos. Temos de vencer Vamos trabalhar para melhorar e vencer", comentou o meia.

Robinho, que disse preferir atuar como segundo volante do Palmeiras, defendeu o colega de time Leandro Almeida. O zagueiro falhou contra o São Bento e foi vaiado pela torcida. "Joguei dois anos com ele. É um dos mais técnicos que tem no Brasil. Eu vi de perto, está faltando um pouco de confiança. Acho um baita zagueiro, tem chance de ser titular. Basta voltar a ter confiança", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.