Roger diz que Atlético-MG foi melhor e lamenta chances perdidas em casa

Treinador elogiou, entretanto, a postura dos atletas que jogaram a partida

O Estado de S.Paulo

22 Maio 2017 | 10h08

O técnico Roger Machado não deixou de lamentar a primeira derrota do Atlético Mineiro neste Brasileirão. Para o treinador, o seu time foi superior ao Fluminense durante a maior parte do jogo deste domingo, mas sucumbiu às próprias falhas no ataque. O time carioca acabou vencendo por 2 a 1, no Independência, em Belo Horizonte.

"Iniciamos a partida controlando bem, tivemos bastante volume de jogo, mas era nítido, desde o início, que o volume maior que tínhamos e a proximidade que a gente chegava ao gol deles, também era uma estratégia do Fluminense para nos contra-atacar", afirmou Roger, ao admitir como o rival se saiu melhor no placar da partida.

O técnico, contudo, atribuiu aos erros de finalização a derrota em casa. Para tanto, citou lance decisivo que Maicosuel perdeu no ataque, aos 16 minutos do segundo tempo. "Igualaríamos o marcador ali, numa bola em que conseguimos chegar quase dentro da pequena área e o Maicosuel jogou a bola pelo alto", lamentou.

"Não foi um bom jogo porque fomos derrotados, mas deve nos ensinar bastante, principalmente pela característica que o Fluminense veio e conseguiu, de certa forma, levar vantagem nos momentos em que teve as oportunidades de gol. O maior volume que tivemos e não conseguindo efetivamente ter a competência de empurrar a bola para o gol decretou a nossa derrota em casa", avaliou.

Apesar da reclamação quanto à efetividade do seu ataque, Roger fez elogios à postura da sua equipe em campo. "Não posso me queixar da doação e da entrega dos atletas, do compromisso de buscar empate até o final. Todos estavam muito exaustos dentro do campo, essa sequência de jogos decisivos, mas esses pontos que deixamos vamos ter que buscar fora", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.