Mariana Bazo/Reuters
Mariana Bazo/Reuters

Roger põe melhor campanha na Libertadores como meta para o Palmeiras

Time alviverde é líder do Grupo 8 e só depende de si para terminar esta fase do torneio com o melhor desempenho entre todas as equipes

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

04 Maio 2018 | 11h00

Garantido na liderança do Grupo 8 da Libertadores, o Palmeiras já vê como meta terminar esta fase do torneio com a melhor campanha entre todas as equipes. Basta vencer o Junior, de Barranquilla, no dia 16, em casa, para isto acontecer.

Palmeiras vence mais uma fora e defende melhor campanha da Libertadores

De acordo com o técnico Roger Machado, que conduziu o Atlético-MG à mesma condição de melhor campanha na fase de grupos na edição passada da Libertadores, a vantagem é importante. 

"Nossa preocupação é com a nossa atuação, nossa pontuação e nossa posição ao fim dessa fase", analisou o treinador, após a vitória por 3 a 1 sobre o Alianza Lima, nesta quinta. "Essa vitória nos colocou como primeiro do grupo. É importante que a gente consiga, ou tente, conquistar os pontos da última rodada para ficar em primeiro no geral."

Roger elogiou o elenco alviverde. Contra o time peruano, só Jailson e Borja, entre os considerados titulares, começaram jogando. Moisés, Willian e Hyoran foram destaques.

"É importante rodar o elenco, colocar jogadores que tinham menos minutos em campo e estavam descansados. A rotina é forte. Mandar jogadores mais descansados a campo fez a diferença para a gente conseguir a vitória. Sabíamos que seria um jogo muito aberto e quem aproveitasse as chances seria vencedor. Os jogadores que não tê atuado conseguiram fazer um grande jogo."

Mais conteúdo sobre:
Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.