Filippo Monteforte/ AFP Photo
Filippo Monteforte/ AFP Photo

Roma goleia Milan fora de casa e reassume vice-liderança do Italiano

Equipe vence por 4 a 1 em pleno San Siro

Estadao Conteudo

07 Maio 2017 | 17h50

A Roma reassumiu a liderança do Campeonato Italiano, que havia perdido no último sábado para o Napoli, e esquentou a luta pelo título da competição ao golear o Milan, dentro do estádio San Siro, por 4 a 1, neste domingo, em partida válida pela 35ª rodada.

O time romanista diminuiu a desvantagem no torneio em relação à Juventus para oito pontos, restando ainda nove em disputa até o fim do campeonato. E, para apimentar ainda mais o final da temporada na Itália, as duas equipes irão se enfrentar na próxima rodada, no domingo que vem, no Estádio Olímpico de Roma.

O Milan permanece com 59 pontos, em sexto lugar na tabela do Italiano, uma posição atrás da Atalanta, quinta colocada, com 65, rival na corrida por vaga na Liga Europa. O time milanês terá a oportunidade de diminuir essa diferença na próxima rodada, quando enfrentará exatamente a Atalanta, em Bérgamo.

A Roma confirmou a superioridade sobre o Milan na atualidade e pressionou os adversários desde o apito inicial do árbitro Nicola Rizzoli. Logo aos sete minutos, o bósnio Dzeko abriu o placar para o time romanista. O egípcio Mohamed Salah brigou pela bola na intermediária, avançou pela direita do ataque e tocou para o artilheiro que chutou forte no ângulo esquerdo da meta do goleiro Donnarumma: 1 a 0.

A equipe milanista ainda tentou uma reação na partida. Aos 14 minutos, uma cabeçada de Cristian Zapata, que contou com desvio da zaga, levou muito perigo para o goleiro Wojciech Szczesny, da Roma. Aos 22, chute de longe de José Sosa fez o goleiro romanista se esticar para desviar a bola para escanteio.

Em seguida, porém, a Roma retomou o domínio do jogo. Aos 27, Dzeko tocou de cabeça para o gol após uma cobrança de escanteio e ampliou para a Roma: 2 a 0. Aos 39, Donnarumma salvou o Milan de levar o terceiro gol ao sair da meta para interceptar a chegada de Perotti.

No segundo tempo, o jogo foi mais equilibrado, mas com menos oportunidades claras de gols para ambas as equipes. O Milan descontou aos 30 minutos com Mario Pasalic. O meia croata estava livre após cobrança de escanteio. Mas a reação milanista foi quase que imediatamente bloqueada pela Roma com o gol de El Shaarawy, ex-jogador do Milan, aos 33 minutos, batendo de perna direita da entrada da área para vencer o goleiro Donnarumma: 3 a 1.

Aos 40 minutos, Mohamed Salah escapou pela direita do ataque da Roma, entrou na área, mas foi travado com falta de Gabriel Paletta, quando se preparava para chutar em direção ao gol. O defensor recebeu o cartão vermelho e o árbitro marcou pênalti. De Rossi cobrou e deu números finais ao jogo: 4 a 1 para a Roma.

Mais conteúdo sobre:
Futebol internacional futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.