Rombo financeiro assusta Corinthians

Jogadores e funcionários do Corinthians podem ter uma desagradável surpresa hoje. É dia de pagamento, mas é quase certo que ficarão de bolso vazio. Ontem, a tensão estava por todos os lados do Parque São Jorge. A tesouraria constatou que não havia dinheiro para quitar a folha. No primeiro dia 6, após a saída da Hicks Muse, que rompeu oficialmente o contrato de parceria com o clube, o Corinthians tem de conviver com um grande rombo. Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

06 Agosto 2002 | 09h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.