Ronaldo já preocupa patrocinadores

Especialistas em marketing advertem que a possível saída de Ronaldo da Inter, mesmo com o contrato em vigor, pode prejudicar os patrocinadores e abrir um debate entre os investidores. "O que está acontecendo não é certo para os patrocinadores que estão ligados à Inter e podem perder com a saída do jogador", declarou Saro Trovato, presidente da Meta Comunicazione, empresa de marketing da Itália. Segundo Trovato, muitos dos que investem no clube milanês têm retorno financeiro com a imagem de jogadores importantes, como Ronaldo. E, quando assinam contrato de patrocínio, por exemplo, levam em consideração os atletas que atuam na equipe e o tempo que eles permanecerão no clube. "As empresas querem mais garantias." Cálculos da Meta Comunicazione indicam que patrocinadores da Inter vão ter perdas de 20% a 30% com a saída de Ronaldo. Na visão de pessoas ligadas ao marketing, a Nike, por exemplo, que patrocina o atacante, também pode ser prejudicada. A saída não muito amigável da Inter pode provocar revolta em milhares de torcedores na Itália e diminuir a venda de produtos da multinacional americana no país. Representantes da Nike no Brasil não mostram preocupação com a situação, pelo menos por enquanto. "Acho prematuro falar sobre isso, porque ainda não há uma definição para a situação do Ronaldo", comentou Ingo Ostrovsky, gerente da Nike no País. "E a Nike não tem envolvimento nenhum com isso. Como garoto-propaganda da Nike, o Ronaldo pode atrair simpatizantes de outros clubes, caso saia da Inter."

Agencia Estado,

06 Agosto 2002 | 20h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.