Ronaldo se encontra com Moratti

Ronaldo teve ontem enfim o encontro que tanto desejava com Massimo Moratti, presidente da Internazionale. Mas, depois de uma hora de conversa, nada ficou resolvido. O astro brasileiro repetiu ao cartola italiano o desejo de ir embora, de tentar a sorte em outro time. Em contrapartida, recebeu do dirigente a promessa de que haverá solução o mais rapidamente possível, desde que não implique em ?grande sacrifício? do clube milanês. Ronaldo não poupou críticas ao técnico Héctor Cúper. Em sua opinião, o argentino é o principal responsável pelo momento de desconforto que vive na Inter, depois de cinco anos de ?casa?. O artilheiro do Mundial também não agüenta mais as manifestações de desaprovação dos torcedores, descontentes com sua atitude. A estratégia, ainda, é a do silêncio, mas não se afasta a possibilidade de que venha a fazer desabafo público nos próximos dias. Moratti saiu do encontro certo de que ?tudo terminará bem?. Ou seja, manteve o discurso do dia anterior. A frase, porém, não significa que Ronaldo volte atrás e decida ficar pelo menos mais uma temporada na Inter. A imprensa espanhola interpretou a expressão ?sem grande sacrifício? como senha para a reabertura das negociações com o Real Madrid. O clube, no entanto, não deu novos sinais de que deva fazer a derradeira investida para ter Ronaldo. Há pressa para a definição, porque o prazo para inscrições para a Copa dos Campeões termina nesta sexta. Já para utilização apenas no Campeonato Espanhol a data final é segunda-feira, dia 2/9. Ronaldinho ? Outro brasileiro campeão do mundo que pode mudar de time é Ronaldinho Gaúcho. Jornais espanhóis especulam que o Deportivo La Coruña pode dar a grande tacada no mercado e tirar o meia-atacante do Paris Saint-Germain. O clube francês atravessa fase delicada em suas finanças e já acenou com a hipótese de se desfazer de seu principal jogador para abater dívidas.

Agencia Estado,

28 Agosto 2002 | 12h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.