Ronaldo só volta a jogar na seleção brasileira

Parado desde o dia 8 de abril, quando sofreu uma lesão muscular, Ronaldo só voltará a jogar no dia 30 de maio, na Basiléia (Suíça), no amistoso do Brasil contra a seleção da Lucerna. O atacante sonhava em retornar na próxima terça-feira, na partida entre Sevilla e Real Madrid, última rodada do Campeonato Espanhol, mas foi vetado nesta terça pelos médicos do clube espanhol. O veto foi definido depois de o jogador se submeter a um exame de ressonância magnética. Segundo a imprensa espanhola, o resultado deu negativo: a cicatriz da ruptura fibrilar da coxa esquerda, que sofreu no início de abril, não estava totalmente fechada. De nada adiantou o esforço do jogador, que há um mês realiza duas sessões de tratamento diárias. Sem condições de voltar a defender o Real na temporada, Ronaldo mira agora a Copa do Mundo. A situação é mais ou menos parecida com 2002, quando ficou quase dois meses sem jogar e só entrou na reta final de preparação da seleção ao Mundial da Coréia do Sul e Japão. Aquele descanso forçado, sem o desgaste no clube em fim de temporada, foi fundamental para Ronaldo entrar em forma. Inteiro, sem problemas musculares, se consagrou artilheiro da Copa (oito gols) e o principal nome do Brasil na conquista do penta.

Agencia Estado,

09 Maio 2006 | 20h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.