Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Rússia rejeita pedido da Fifa para diminuir sedes da Copa de 2018

Futebol

Esportes

Copa 2018

Rússia rejeita pedido da Fifa para diminuir sedes da Copa de 2018

Blatter teria ficado incomodado com os gastos do Mundial no Brasil, que teve 12 sedes, e pede para russos diminuírem para nove

0

DMITRIY ROGOVITSKIY,
REUTERS

19 Agosto 2014 | 19h49

A Rússia rejeitou uma recomendação da Fifa para reduzir de 11 para nove o número de cidades-sede na Copa do Mundo de 2018 e de 12 para 10 estádios, de acordo com o ministro de Esportes russo, Vitaly Mutko.

"O plano de ter 12 estádios em 11 cidades ... não está mudando", disse Mutko à agência de notícias Itar-tass nesta terça-feira.

"A Fifa recomenda que devemos ter 10 estádios em nove cidades, que incluem duas arenas em Moscou. Nesta semana, delegados da Fifa vão nos visitar e os levaremos a todas as cidades-sede. Amanhã eles vão para Saransk."

Mutko afirmou que se houvesse uma decisão de reduzir o número de estádios, teria de ser tomada nos próximos dois meses.

"Se essa questão não for decidida durante a reunião do (comitê) executivo (da Fifa), em outubro, então será tarde demais para mudar qualquer coisa, já que estamos planejando iniciar a construção dos estádios em 2015", disse ele.

Após a Copa do Mundo deste ano no Brasil, que teve 12 sedes, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse que ficou incomodado com o custo de 11 bilhões de dólares (R$ 24,7 bilhões) para sediar o evento e indicou que os planos da Rússia para 2018 poderiam ser reexaminados.

Mutko declarou a jornalistas no Rio de Janeiro que a Rússia alocou 20 bilhões de dólares (R$ 44,9 bilhões) para receber a Copa de 2018.

"É óbvio que a Copa do Mundo tomou uma tal dimensão que a organização é um trabalho difícil para o país organizador e também para a Fifa", disse Blatter em sua coletiva de imprensa após a vitória da Alemanha sobre a Argentina na final do Mundial no Brasil.

"A Fifa está olhando para 2018 agora e estamos em discussões sobre qual é o número ideal (de estádios) para a organização e para mantê-la de tal maneira que seja viável, razoável e controlável", acrescentou ele.

As 11 cidades escolhidas para sediar os jogos na Rússia são Moscou, São Petersburgo, Sochi, Kazan, Kaliningrado, Volgogrado, Rostov-on-Don, Nizhny Novgorod, Samara, Saransk e Yekaterinburg.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.