1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Sabella confirma Basanta e deve manter Lavezzi no time

FELIPE ROSA MENDES - Agência Estado

01 Julho 2014 | 18h 55

Alejandro Sabella praticamente confirmou a escalação da Argentina para o duelo das quartas de final da Copa do Mundo, neste sábado, em Brasília. Após a suada vitória sobre a Suíça por 1 a 0, nesta terça-feira, o treinador argentino disse que vai escalar o zagueiro José María Basanta improvisado no lugar do lateral-esquerdo Rojo e indicou que deve manter Ezequiel Lavezzi no ataque.

Rojo levou o segundo cartão amarelo no estádio Itaquerão, em São Paulo, e terá que cumprir suspensão nas quartas. Em seu lugar, Basanta será o titular. Contra a Suíça, o reserva já entrou na vaga do lateral durante a prorrogação. "Temos muitas possibilidades no nosso elenco e hoje (terça) tivemos Basanta. Muito provavelmente ele estará no próximo jogo. Tenho confiança nele", antecipou Sabella.

O treinador também tem confiança em Lavezzi, titular nesta terça pela primeira vez nesta Copa do Mundo. Ele substituiu o machucado Sérgio Agüero para formar o trio ofensivo com Gonzalo Higuaín e Lionel Messi. O atacante do Paris Saint-Germain não teve maior brilho, mas ajudou na recomposição do meio de campo. No segundo tempo, acabou sendo substituído por Rodrigo Palacio.

"Precisávamos de um outro tipo de jogador, que dá maior mobilidade ao time e que colabora na recuperação da bola e na ocupação de espaços", justificou Sabella, ao comentar a troca. No entanto, fez questão de reforçar sua preferência por Lavezzi, o que já havia antecipado em entrevistas recentes. "Ele evoluiu muito no aspecto do posicionamento, principalmente quando se perde a bola. E sempre tem essa força ofensiva, faz muitos gols no PSG. Fez umas jogadas muito boa, é um jogador explosivo", enumerou o técnico.

Lavezzi só deverá perder a posição caso Agüero se recupere a tempo de jogar a partida das quartas. Mas, diante da importância da partida e da falta de ritmo do atacante, Sabella possivelmente deve começar o jogo com o atacante do Paris Saint-Germain, dando oportunidade para o retorno de Agüero no segundo tempo, já pensando na eventual semifinal.

Copa 2014