1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Sabella faz mistério e não confirma Lavezzi na seleção argentina

Felipe Rosa Mendes - O Estado de S. Paulo

30 Junho 2014 | 13h 19

O time realizou um treino fechado nesta segunda-feira, no Itaquerão, e o treinador não revelou a escalação para o jogo contra a Suíça

Preocupado com as surpresas desta Copa do Mundo, Alejandro Sabella não quer dar margens para zebra no mata-mata. Nesta segunda-feira, o técnico da Argentina fechou o treino de reconhecimento do gramado do Itaquerão, em São Paulo, e fez mistério sobre a escalação do time para o duelo com a Suíça, nesta terça, pelas oitavas de final.

A maior expectativa recai sobre a entrada de Ezequiel Lavezzi no lugar do machucado Sergio Agüero, descartado para o confronto em São Paulo. O atacante do Paris Saint-Germain treinou entre os titulares no domingo, mas não foi confirmado pelo treinador na partida contra os suíços.

"Não posso confirmar a escalação", repetiu Sabella diversas vezes, em entrevista coletiva nesta segunda-feira. Além de não anunciar o time, ele ainda fez questão de pôr em dúvida a presença de Lavezzi no time. "Sempre tenho algum dúvida, às vezes até a noite antes do jogo, até dizer boa noite", disse o técnico, em raro momento de bom humor.

Apesar do mistério, ele praticamente garantiu sua opção ao comentar as possibilidades de esquema tático para a Argentina nesta terça-feira. "Lavezzi pode ser usado em dois esquemas, sem necessidade de mudar o jogador", antecipou.

JF DIORIO / ESTADÃO CONTEÚDO
O técnico argentino não quis fazer previsões sobre o placar contra a Suíça

Sabella começou a Copa escalando seu time no 5-3-2 no primeiro tempo da estreia contra a Bósnia-Herzegovina. Mas, sem resultado, devolveu a Argentina na segunda etapa no 4-3-3, preferido do craque Lionel Messi.

O esquema com três no ataque deve ser mantido nesta terça-feira, com Messi e Higuaín mais à frente e Lavezzi recompondo com o meio-campo para reforçar o poder defensivo, ponto mais fraco do time até agora. Foi desta forma que a Argentina treinou no domingo, ainda em Belo Horizonte. Nesta segunda-feira, Sabella só abriu à imprensa os primeiros 15 minutos de atividade realizada no gramado do Itaquerão - os jornalistas só puderam ver o trabalho físico no campo.

Conhecido pelas respostas breves nas coletivas, o técnico argentino evitou nesta segunda-feira até comentários sobre a Suíça. "Eu acho que é uma seleção bem trabalhada, que joga da mesma forma há muito tempo e tem um técnico de grande experiência. O time tem suas fraquezas e pontos fortes, mas não posso falar publicamente sobre isso porque amanhã temos um jogo contra eles", despistou.

"É difícil fazer previsões. Mas imaginamos como poderá ser o jogo. Só posso dizer que o futebol é imprevisível, você uma imagina uma coisa e outra coisa acontece. E não posso fazer previsões sobre o adversário em público antes do jogo. Mil desculpas", declarou Sabella.

Copa 2014