1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Saindo de má fase, Fellaini quer ser titular na Bélgica

AE - Agência Estado

18 Junho 2014 | 16h 12

Depois de uma primeira temporada decepcionante pelo Manchester United e de começar no banco de reservas na estreia da Bélgica na Copa do Mundo do Brasil, contra a Argélia, a sorte parece estar mudando para Marouane Fellaini. O meia entrou em campo aos 19 minutos do segundo tempo no duelo contra os argelinos e, cinco minutos depois, marcou o gol de empate, em duelo que terminou com vitória da equipe europeia pelo placar de 2 a 1, em Belo Horizonte.

O meia espera ter mais oportunidades na equipe titular da seleção belga depois do duelo da última terça-feira. "O técnico da seleção e toda a Bélgica sabem da minha capacidade", afirmou. Fellaini acredita não ter mais nada a provar ao treinador Marc Wilmots. "Eu tive duas oportunidades depois de entrar no jogo e fiz um gol. Acredito que Wilmots deve estar satisfeito", disse.

Fellaini foi contratado em setembro do ano passado pelo Manchester United junto ao Everton, por 27,5 milhões de libras (cerca de 104,5 milhões de reais), mas sofreu com uma lesão no punho que o levou a operar o local em dezembro. "Na próxima temporada eu espero alcançar o melhor nível da minha carreira. A lesão dificultou as coisas para mim no último ano", explicou.

Líder do Grupo H, que conta ainda com Rússia, Coreia do Sul e Argélia, a Bélgica se prepara agora para o duelo contra os russos, no domingo, que terá o estádio do Maracanã, no Rio, como palco. Uma vitória garante os belgas nas oitavas de final.

Copa 2014