Alejandro Pagni/AFP
Alejandro Pagni/AFP

Sampaoli barra Icardi e Dybala e escala Benedetto para encarar o Peru

Atacante do Boca Juniors será a principal novidade da Argentina, que luta para se garantir na Copa da Rússia

Estadão Conteúdo

04 Outubro 2017 | 20h34

Se a Argentina escolheu o estádio de La Bombonera para fazer pressão no duelo decisivo diante do Peru, nesta quinta-feira, o técnico Jorge Sampaoli optou por alguém acostumado a este ambiente para comandar o ataque da seleção. Mesmo com nomes como Dybala e Icardi à disposição, o treinador deverá escalar Darío Benedetto, do Boca Juniors, como titular no duelo pela penúltima rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo do ano que vem.

+ Argentina, Paraguai e Uruguai oficializam candidatura para sediar Copa de 2030

Foi isso o que Sampaoli indicou nesta quarta-feira. No último treino antes do duelo, no CT da seleção argentina, o treinador armou a seleção com Benedetto como único centroavante. O jogador de 27 anos está no Boca desde 2016, é habituado a jogar em La Bombonera e recebe uma oportunidade naquela que é apenas sua segunda convocação para vestir as cores do país.

Benedetto formará o setor ofensivo como homem centralizado e deverá ser abastecido por outros três jogadores vindos um pouco mais de trás. Serão eles os já esperados Lionel Messi e Ángel Di María, e Alejandro "Papu" Gómez, um dos destaques do futebol italiano esta temporada vestindo a camisa da Atalanta.

Outra confirmação dada por Sampaoli foi a entrada do experiente Javier Mascherano na equipe. Havia a dúvida entre o jogador e Federico Fazio como companheiro de Otamendi na zaga, mas o treinador escalou o atleta do Barcelona no treino desta quarta e deve mantê-lo para quinta.

No meio de campo, Leandro Paredes, do Zenit, parece ter vencido a disputa com Lucas Biglia, do Milan, e deverá formar dupla de volantes com Ever Banega. Enzo Pérez, do River Plate, era outra opção, mas também deverá ficar no banco.

Caso confirme a equipe escalada no treino, Sampaoli levará a Argentina a campo na quinta com: Romero; Mercado, Otamendi, Mascherano e Acuña; Paredes, Banega, Di María, Papu Gómez e Lionel Messi; Benedetto.

Com 24 pontos, a Argentina ocupa apenas a quinta colocação das Eliminatórias e hoje teria que disputar a repescagem para ir à Copa do Mundo. Para garantir a classificação sem depender de nenhum outro resultado, precisa vencer o Peru, nesta quinta, e o Equador, terça que vem, em Quito.

Mais conteúdo sobre:
Copa do Mundo Rússia 2018 [futebol]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.