Ricardo Saibun
Ricardo Saibun

Santos planeja renovar logo o contrato de Ricardo Oliveira

Clube vai oferecer contrato de dois anos ao artilheiro

SANCHES FILHO, Estadão Conteúdo

24 Março 2015 | 20h05

O Santos já trabalha para manter Ricardo Oliveira. A intenção da direção santista é renovar por dois anos ou pelo menos até o fim desta temporada. O atacante ganha R$ 50 mil por mês e tem contrato até 4 de maio. O presidente Modesto Roma Júnior disse nesta terça-feira que não há dinheiro para fazer loucuras e que o clube precisa ser administrado com os pés no chão, mas consta que o salário a ser oferecido ao atleta ultrapassaria o teto santista de R$ 200 mil mensais.

As negociações deveriam ter começado no sábado passado, mas a reunião teve de ser adiada para esta quarta-feira porque o empresário do artilheiro, Luiz Taveira, teve um problema de saúde. "Se não fecharmos amanhã (quarta), e acredito que não fecharemos, pelo menos vai ter a uma proposta, depois uma contraproposta. Acho que chegaremos um acordo em poucos dias'', disse Modesto Roma Júnior, que também confirmou interesse na permanência de Elano.

Ricardo Oliveira, de 34 anos, desligou-se do Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos, no fim do ano passado e aceitou a proposta do Santos para assinar o contrato de experiência com remuneração bem abaixo do seu padrão salarial. "Confio no meu taco e o contrato com o Santos foi um investimento que fiz por acreditar nas minhas condições. Eu me sinto como um jogador de 27, 28 anos e não penso em aposentadoria'', disse o jogador, cuja contratação teria sido um pedido do amigo Robinho.

Em 11 jogos, Ricardo Oliveira marcou cinco gols e deu duas assistências. Na soma com a sua primeira passagem pelo clube, em 2003, são 43 jogos e 26 gols. A pressa do Santos em prender o jogador com um novo contrato, com bases mais vantajosas, coincide com as especulações sobre suposto interesse de Grêmio e Palmeiras na sua contratação.

Mais conteúdo sobre:
futebol Santos FC Ricardo Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.