Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Santos registra prejuízo de quase R$ 30 mil nos últimos dois jogos como mandante

Apesar dos públicos ruins, foram duas vitórias; equipe terá agora dois jogos fora de casa para ampliar recuperação

Leandro Silveira, Estadão Conteúdo

15 Maio 2018 | 11h02

Se representaram um recuperação dentro de campo após a dura derrota por 5 a 1 para o Grêmio, os dois últimos jogos do Santos como mandante, diante de Paraná e Luverdense, trouxeram prejuízo financeiro para o time. Os borderôs dos dois compromissos disputados na Vila Belmiro na última semana registraram déficit total de R$ 28.864,72.

+ Victor Ferraz celebra recuperação no Santos e desabafa: 'Nunca fui mercenário'

Jair Ventura defende estilo e diz que Santos sempre tenta propor jogo

Na última quinta-feira, o Santos goleou o Luverdense por 5 a 1, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, encaminhando a sua passagem às quartas de final. O compromisso, porém, teve o pior público e renda do time como mandante na temporada, com 3.590 pagantes e receita de R$ 90.725.

Essa baixa presença do público teve um custo para o Santos. O borderô do jogo apontou que o Santos teve um prejuízo de R$ 28.479,77, mesmo que o time tenha atuado no seu próprio estádio nessa goleada.

O placar expressivo, porém, não empolgou muito os santistas a comparecerem ao compromisso seguinte do Santos como mandante. No último domingo, o time derrotou o Paraná por 3 a 1, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro, mas o público não foi muito melhor.

O confronto registrou o terceiro pior público do Santos como mandante em 2018 - 3.971 pagantes. E a renda, com ingressos com preços elevados em relação ao duelo com o Luverdense, foi maior, de R$ 140.110. Ainda assim, acabou sendo insuficiente para que o clube deixasse as contas no "verde", pois o prejuízo, ainda que diminuto, acabou sendo de R$ 384,85.

Com isso, em uma semana e em dois jogos, o Santos registrou prejuízo de quase R$ 30 mil nas bilheterias, ainda que tenha recuperado a "paz" dentro de campo ao encaminhar a passagem de fase na Copa do Brasil e também se recuperando no Nacional.

Agora, então, o Santos tentará ampliar a sua recuperação em dois jogos como visitante nesta semana, contra o Luverdense, quinta-feira, pela Copa do Brasil, e o São Paulo, domingo, pelo Brasileirão. O próximo compromisso em casa será em 24 de maio, quando o time receberá o Real Garcilaso, na Vila Belmiro, pela rodada final do Grupo F da Copa Libertadores.

Mais conteúdo sobre:
futebol Santos Futebol Clube Vila Belmiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.