São Caetano quer acertar a pontaria

O São Caetano ainda sonha em chegar às semifinais do Torneio Rio-São Paulo, mas parece que já descobriu seu problema nos últimos dois jogos, quando perdeu para o Botafogo, por 2 a 1, e para o Corinthians, por 1 a 0. Segundo o técnico Jair Picerni, o time precisa acertar a pontaria. Ele cita que nas duas partidas o time criou inúmeras chances de gols, mas não converteu o suficiente para evitar as derrotas. Por coincidência, o atacante Brandão passou em branco nestes confrontos, justamente ele, que é artilheiro do time na temporada com oito gols em 10 jogos. "Não podemos jogar a responsabilidade de fazer gols somente em cima do Brandão. Ele ainda é menino e, além disso, os outros também precisam marcar", alerta Picerni. Mesmo com 16 pontos, o São Caetano ainda sonha com uma vaga nas semifinais. Mas terá que recuperar alguns pontos perdidos, vencendo jogos teoricamente difíceis como o diante do São Paulo, domingo, no ABC. Os jogadores se apresentaram, nesta quinta-feira à tarde, no estádio. Os reservas treinaram fisicamente, enquanto os titulares participaram de sessões na piscina. Para o próximo jogo a principal novidade é o retorno do lateral-esquerdo Rubens Cardoso, que cumpriu suspensão automática, e ocupará a vaga de Marcos Paulo. O volante Serginho já não sente dores na perna e pode ser liberado para reforçar o meio-campo. Se Anaílson também se recuperar de um entorse, então deverá compor o banco de reservas.

Agencia Estado,

21 Março 2002 | 19h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.