São-paulinos comemoram recuperação no Brasileirão

Jogadores e técnico Muricy Ramalho destacam vontade do grupo diante do Atlético-MG

Gabriel Navajas, Jornal da Tarde

07 Junho 2008 | 21h09

A goleada por 5 a 1 diante do Atlético-MG deu novo ânimo ao São Paulo. Com a primeira vitória no Brasileirão garantida, o foco, agora, é manter o ritmo nos próximos jogos. O próximo será diante do líder da competição, o Flamengo, no sábado. Veja também:  Classificação  Calendário / Resultados  São Paulo vence a primeira com goleada sobre o Atlético-MG  Rádio Eldorado/ESPN - 700 AM - ouça os gols da partida "Contra o Flamengo será um confronto direto. 13 pontos contra seis. Se a gente não ganhar vai ficar muito difícil para correr atrás depois, porque a diferença vai ficar muito grande", disse Rogério Ceni. Para o ala Jorge Wagner, o time colocou em campo o que faltava para a reação. "Entramos com muita determinação. Tem de ser dessa forma para conseguir as vitórias. Jogamos com muita vontade." Já o técnico Muricy Ramalho destacou mais uma vez o sistema defensivo e o jogo de Hernanes, mas disse que ainda é cedo para ficar entusiasmado. "Nossa defesa é forte demais. Quando jogar no Morumbi, o time tem que jogar para pressionar, mesmo, como hoje. Nosso meio-campo jogou muito bem. O Hernanes ficou livre para jogar e foi fundamental para a vitória. O São Paulo acertou um bom jogo, mas a gente não pode se entusiasmar com isso, porque tem muita coisa pela frente." GOL DE CRAQUE O zagueiro André Dias marcou seu quinto gol com a camisa do São Paulo. E foi com estilo. Invadiu a área e tocou na saída do goleiro Juninho."É difícil um zagueiro fazer gol dessa forma. Acho que vai demorar mais uns sete anos para eu fazer outro. Até lá eu já encerrei a carreira", brincou. "Mas o importante é que vencemos e recuperamos a confiança que tínhamos perdido." SEGUNDA RECOMEÇA O time folga neste domingo e se reapresenta na segunda-feira à tarde no CT. O técnico Muricy Ramalho poderá contar com o retorno do volante Richarlyson, que ontem cumpriu suspensão pela expulsão contra o Santos e teve seu nome gritado pela torcida. Mas foi para pedir a sua saída... Zé Luís, com uma pequena contratura na coxa esquerda, ainda é dúvida para o jogo contra o Flamengo, sábado, no Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.