Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

São Paulo brilha no primeiro tempo e derrota o Flamengo no Pacaembu

Pratto e Hernanes marcaram os gols da equipe tricolor, que respira no Campeonato Brasileiro

Renan Fernandes, O Estado de S.Paulo

22 Outubro 2017 | 19h07

O torcedor que resolveu encarar uma tarde fria e nublada no estádio do Pacaembu foi premiado com um primeiro tempo inspirado do São Paulo, que não teve dificuldades para fazer 2 x 0 no Flamengo, com gols de Pratto e Hernanes. Com a vitória na 30.ª rodada, os paulistas chegam a 37 pontos na tabela de classificação do Brasileirão e se distanciam ainda mais da zona de rebaixamento. O resultado também confirma o bom desempenho dos comandados de Dorival Junior em casa.

+ LANCES: São Paulo x Flamengo

Confira tabela do Campeonato Brasileiro

Como mandante, seja no Morumbi ou no estádio municipal, o São Paulo chega aos 29 pontos ganhos em 15 jogos disputados. O problema da equipe no Nacional acontece quando ela precisa jogar fora de seus domínios. Como visitante, o time tricolor é o penúltimo colocado em aproveitamento, somando apenas 8 pontos em 15 partidas. Foram apenas duas vitórias, dois empates e onze derrotas.

Depois de uma exibição muito fraca contra o Fluminense, o São Paulo foi para campo com o meio de campo reforçado. Jucilei voltou ao time após cinco partidas no banco de reservas para tentar dar mais consistência ao setor e liberar Petros e Hernanes para construírem jogadas. E a estratégia do treinador são-paulino deu certo. 

Aos 13 minutos, Hernanes cobrou escanteio e Edimar desviou. Réver tentou cortar o lance e acertou Pratto, que chegava na segunda trave. A bola acabou resvalando no braço do atacante argentino, de forma intencional, e entrou no gol. 

Apesar de ter vantagem no marcador, o São Paulo continuou pressionando. Do outro lado, o Flamengo sentia muito as ausências de seus dois principais jogadores: Guerrero e Diego. O peruano estava com dores musculares e sequer viajou com a delegação. Já o meia começou o jogo no banco de reservas por não ter se recuperado de uma pancada na panturrilha esquerda.

E o volume de jogo do time tricolor foi premiado com outro gol. Cueva avançou livre pela direita e encontrou Hernanes na marca do pênalti. O meia, livre, cabeceou forte para vencer Diego Alves. 

Se na primeira etapa o São Paulo foi muito superior, no segundo tempo o time repetiu um mesmo erro das últimas rodadas e recuou. A mudança de postura chamou o Flamengo pra cima. Mesmo sem muita criatividade, os cariocas abusaram dos cruzamentos na área. Mas uma sólida atuação defensiva são-paulina e do goleiro Sidão, que fez duas boas defesas nos acréscimos, impediram os rivais tirarem o zero do placar.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 X 0 FLAMENGO

SÃO PAULO (4-5-1): Sidão; Militão (Aderllan), Arboleda, R. Caio e Edimar; Jucilei, Petros, Hernanes, Cueva (J. Gomez), M. Guilherme (Denilson); Pratto. Técnico: Dorival Junior.

FLAMENGO (4-3-3): D. Alves; Pará, Réver, Rhodolfo e Trauco; Cuéllar, W. Arão e Éverton R.; Berrío (Diego), Geovânio (L. Paquetá) e Everton (Gabriel). Técnico: Reinaldo Rueda.

Gols: Pratto, aos 14, e Hernanes, aos 39 minutos do primeiro tempo.

Juiz: Rafael Traci.

Cartões amarelos: Sidão e Cuéllar.

Público: 31.285 pagantes.

Renda: R$ 887.460,00.

Local: Estádio do Pacaembu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.