1. Usuário
Assine o Estadão
assine


São Paulo chega aos EUA para iniciar intertemporada

Agência Estado

15 Junho 2014 | 12h 25

Delegação viaja a Orlando na paralisação do Campeonato Brasileiro

O elenco do São Paulo chegou aos Estados Unidos na manhã deste domingo, depois de ter embarcado na noite do último sábado no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, visando a intertemporada que irá realizar no exterior neste período de pausa do calendário do futebol brasileiro, motivada pela disputa da Copa do Mundo.

A delegação do time tricolor desembarcou na Flórida, onde ficará hospedada no Omni Hotels & Resorts. Antes da viagem, o elenco são-paulino se reapresentou no CT da Barra Funda e chegou a acompanhar pela TV o duelo entre Inglaterra e Itália, realizado na noite do último sábado, em Manaus, e que foi válido pela primeira rodada do Mundial. 

Instagram/Reprodução
Equipe do São Paulo chega a Orlando para realização de intertemporada nos Estados Unidos

Na chegada aos Estados Unidos, os atletas se encontraram com o goleiro Rogério Ceni, os meio-campistas Maicon e Denilson e o atacante Alan Kardec, que já estavam em solo norte-americano a passeio e se juntaram ao grupo comandado pelo técnico Muricy Ramalho neste domingo. Na próxima sexta-feira, o São Paulo disputará um amistoso contra o Orlando City, que servirá para o treinador promover testes em meio a este período de treinos que irá durar até o próximo 28, para quando está marcada a viagem de volta ao Brasil.

RODRIGO CAIO

Antes de viajar rumo aos Estados Unidos, o elenco do São Paulo se reencontrou com o zagueiro Rodrigo Caio, que estava há mais tempo longe dos companheiros de time por ter defendido a seleção brasileira sub-21 no Torneio de Toulon. Ele foi eleito o melhor jogador da competição amistosa, na qual o Brasil também contou com os são-paulinos Auro, Lucas Evangelista e Ademilson e se sagrou campeão. 

Rodrigo Caio, por sinal, foi eleito o melhor jogador do torneio. "Fico muito feliz com o reconhecimento dos meus companheiros, porque foi uma emoção muito grande trazer essas conquistas da França", afirmou o defensor, por meio de declarações reproduzidas pelo site oficial do São Paulo. "Poder defender a seleção e, depois, retornar com esse reconhecimento é muito legal. Todos me cumprimentaram e deram os parabéns pelo trabalho que conseguimos fazer em Toulon. Felizmente as coisas têm dado certo e, agora, quero manter isso no São Paulo", completou.