Assine o Estadão
assine

Esportes

Futebol

Conheça as propostas de direitos de TV que o São Paulo pode escolher

Clube decide nesta terça entre Esporte Interativo e a TV Globo

0

Ciro Campos,
O Estado de S. Paulo

23 Fevereiro 2016 | 07h00

O São Paulo vai decidir na noite desta terça-feira, na reunião do Conselho Deliberativo, qual das duas propostas de contrato de direitos de transmissão vai escolher para TV fechada a partir de 2019 para jogos do Campeonato Brasileiro. O Esporte Interativo e a TV Globo estão na disputa. A opção será escolhida por votação. Segundo conselheiros ouvidos pelo Estado, a TV Globo é a favorita.

A assinatura do contrato é um trunfo da atual diretoria para conseguir mais dinheiro em caixa e evitar problemas de atrasos com o elenco. Em entrevista na última semana à rádio Transamérica, o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, disse que o objetivo era usar o dinheiro do acordo até mesmo para criar um fundo para se prevenir de novas falhas nos compromissos com os direitos de imagem.

O dirigente é quem negociou com as emissoras e colocou à disposição dos conselheiros os detalhes de cada contrato. As propostas se referem ao período entre 2019 e 2024, com a previsão do recebimento das luvas logo após a assinatura do vínculo.

A proposta do Esporte Interativo é de R$ 40 milhões pela formalização do contrato. O canal promete o montante de R$ 560 milhões, 50% dividido igualmente entre os clubes, mais 25% em função do rendimento na competição e outros 25% de acordo com a audiência média do clube nos jogos pela televisão.

Já da TV Globo, a oferta é de R$ 60 milhões. A emissora deve oferecer um valor maior a ser dividido entre os clubes, cerca de R$ 1 bilhão. Do total, 40% será dividido igualmente entre os 20 participantes da Série A, outros 30% de acordo com a classificação no campeonato e mais 30% pela exposição do time no canal.

Comentários