São Paulo define quatro novos nomes para a diretoria

Vinicius Pinotti (futebol), Marcio Aith (comunicação e marketing), Elias Barquete Albarello (finanças) e Rodrigo Gaspar (administrativo) são escolhidos

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

05 Maio 2017 | 20h09

Os Conselho de Administração (CA) do São Paulo se reuniu nesta sexta-feira pela primeira vez com todos os integrantes e definiu os primeiros quatro nomes da nova diretoria. Foram escolhidos Vinicius Pinotti (futebol), Marcio Aith (comunicação e marketing), Elias Barquete Albarello (finanças) e Rodrigo Gaspar (administrativo).

Eles serão executivos no clube, com salários, de acordo com o novo estatuto. Como possuem funções diferentes, os salários não serão iguais para cada função e alguns até receberão mais que o salário do presidente Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, que é de cerca de R$ 27 mil como estipulado pelo estatuto. Mas os valores não são muito destoantes uns dos outros.

A diretoria não terá apenas os quatro nomes que já foram aceitos e já assumem suas funções no clube. A ideia de Leco é definir outros nomes para complementar a gestão, mas eles também terão de ser submetidos ao CA, que tem uma próxima reunião agendada para daqui a dez dias.

Na reunião desta sexta-feira, foram oficializados na função o ex-jogador Raí, o promotor Saulo de Castro Abreu Filho e o administrador Julio Conejero. Assim, o CA conta com o trio, além do presidente Leco, seu vice Roberto Natel, José Eduardo Mesquita Pimenta (indicado pelo Conselho Consultivo), e os eleitos Júlio Casares, Sílvio Médici e Adilson Alves Martins, que são conselheiros do São Paulo e foram escolhidos em votação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.