Juca Pacheco/saopaulofc.net
Juca Pacheco/saopaulofc.net

São Paulo estreia 'estilo uruguaio' no Morumbi diante do Paraná

Tricolor adota forma de jogar mais aguerrida sob o comando de Diego Aguirre

O Estado de S.Paulo

16 Abril 2018 | 07h00

Após seis jogos, o técnico Diego Aguirre já mudou a cara do São Paulo. Para melhor. O time se tornou mais aguerrido, briga em cada disputa de bola, é dedicado à marcação e à organização tática. É um São Paulo que morde. Nesta segunda-feira, esse estilo uruguaio estreia no Brasileirão, diante do Paraná, no Morumbi, às 20 horas.

+ Aguirre pede 'responsabilidade' no São Paulo e cobra bom início no Brasileirão

+ Com lesão muscular, Reinaldo desfalca o São Paulo na estreia no Brasileirão

A mudança ficou clara nos confrontos diante do Corinthians pelo Campeonato Paulista, contra o Atlético-PR e, sobretudo, na Argentina. Até a expressão que alguns jogadores do elenco utilizam para descrever o jeitão novo do time é típica dos nossos vizinhos. “Disputamos cada bola até a morte”, comentou o volante Petros após o empate diante do Rosario, fora de casa, pela Copa Sul-Americana.

Depois de montar um time com intensidade – essa é a palavra da moda –, Aguirre quer fazer a equipe atacar mais. Esse é o desafio para o jogo desta segunda. Diante de um rival que seguramente vai se fechar e especular um ou outro contra-ataque, o São Paulo vai precisar de criatividade e movimentação. “Precisamos ser mais ofensivos. Estamos num bom caminho, mas temos de ser mais contundentes na frente. Principalmente nos jogos em casa”, disse o treinador. “É fundamental largarmos com três pontos, pois, além de jogar em casa, temos de estar sempre entre os primeiros, essa é a nossa meta, e temos de começar desde já”, diz o volante Jucilei.

Aguirre fará um duelo tático com o técnico do Paraná, Rogério Micale, o mesmo que conquistou a medalha de ouro para a seleção olímpica nos Jogos do Rio em 2016. O clube paranaense volta à Série A após 11 anos. “Não me incomoda ser citado como um dos candidatos ao rebaixamento. Nosso orçamento é menor do que o dos outros. Mas podemos mostrar outra realidade no campo”, diz Micale.

FICHA TÉCNICA

São Paulo: Sidão; Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Júnior Tavares; Jucilei, Petros, Valdívia e Liziero; Nenê e Tréllez. Técnico: Diego Aguirre.

Paraná: Richard; Alemão, Cleber, Jesiel e Mansur; Wesley, Jhonny e Carlos Eduardo; Caio, Feijão e Luan. Técnico: Rogério Micale.

Juiz: Braulio da Silva Machado (SC).

Local: Morumbi.

Horário: 20h.

Na TV: Pay-per-view (para SP) e SporTV.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.