São Paulo goleia e já é vice-líder

Poderia ter sido perfeito. Só não foi porque o goleiro Rogério Ceni saiu contundido no fim do primeiro tempo. Mesmo assim, o São Paulo, com grande atuação de Kaká, França e Souza, saiu de campo com sua quinta vitória consecutiva no Torneio Rio-São Paulo: uma goleada de 4 a 1 sobre o América, no Morumbi. Com o resultado, a equipe assumiu a vice-liderança da competição, com 17 pontos - dois a menos que o Palmeiras. Já o time carioca segue na lanterna, sem nenhum ponto ganho. O São Paulo dominou toda a partida. No primeiro tempo, a equipe comandada por Nelsinho Baptista não teve maiores dificuldades para conter o América. Um pouco mais difícil, porém, era superar o esquema defensivo montado pelo técnico do time carioca, Carlos Alberto Torres. Mas a alegria americana durou pouco. Aos 16 minutos, Kaká sofreu pênalti de Fumaça. França cobrou e abriu o placar para o São Paulo no minuto seguinte. A partir do primeiro gol, as coisas ficaram mais fáceis para o time paulista, que passou a ter um mais domínio ainda do meio-de-campo. Aos 36 minutos, surgiu uma boa oportunidade para ampliar a vantagem, quando França sofreu falta de Luciano e Rogério Ceni cobrou uma falta no lado esquerdo do goleiro Marcelo Leite, que teve de mostrar reflexo para defender. Aos 40, o goleiro são-paulino torceu o pé sozinho, ao pisar em falso na pequena área, e foi substituído por Roger. No segundo tempo, o São Paulo conseguiu melhorar o seu rendimento em campo e as oportunidades de gol começaram a surgir. Em uma segunda cobrança seguida de escanteio, aos 7 minutos, Souza chutou na pequena área, Émerson cabeceou e a bola, depois de resvalar na cabeça de Wilson, entrou: 2 a 0. Com Gil Bala no ataque, o América tentou reagir e até conseguiu algumas oportunidades de gol, mas Roger fez boas defesas. Em vantagem, o São Paulo aproveitou o espaço para contra-atacar. Aos 30 minutos, Souza lançou França, que driblou o goleiro Marcelo Leite antes de marcar seu gol na partida. Em uma distração da defesa são-paulina, Gil Bala aproveitou um lançamento para diminuir a diferença no marcador. Mas o América, que ainda perdeu o lateral Luciano, expulso, não tinha tempo e nem força para reagir. Aos 43 minutos, Kaká, que durante a partida fez uma série de jogadas de grande técnica, fechou a goleada ao receber um lançamento de França e, com a bola ainda no ar, chutar para o fundo do gol de Marcelo Leite.

Agencia Estado,

03 Março 2002 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.