Érico Leonan/São Paulo FC
Érico Leonan/São Paulo FC

São Paulo tenta manter boa fase contra o Atlético-MG

Time de Dorival Junior não perde há quatro jogos e tenta se distanciar da zona de rebaixamento

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

11 Outubro 2017 | 07h00

O São Paulo enfrenta nesta quarta o Atlético-MG em Belo Horizonte em busca de seu quinto jogo seguido sem derrota. O time vive seu melhor momento no Brasileirão, bem diferente de quando enfrentou os mineiros no primeiro turno e perdeu por 2 a 1, em casa, dando continuidade à pior fase do time no torneio – foram nove partidas sem vencer –, uma sequência decisiva para que o time tivesse que enfrentar uma corrida contra o rebaixamento. 

Lucas Fernandes quer São Paulo focado em manter sequência invicta no Brasileirão

A mudança no São Paulo, um turno depois, é quase completa. Metade da linha do time que enfrentará o Atlético-MG ainda nem estava no Morumbi no duelo pela 8.ª rodada do torneio, como Hernanes, Petros e Marcos Guilherme. Entre os titulares, só Júnior Tavares e Lucas Pratto estarão novamente em campo. Militão também, mas naquele primeiro duelo, atuou como zagueiro – hoje, firmou-se na lateral-direita do time.

Dorival Junior aposta no entrosamento da equipe e minimiza desfalques. Ele não terá Cueva e Arboleda, que jogaram as Eliminatórias. Rodrigo Caio, que também estava convocado, encontra o grupo hoje na capital mineira. Para Dorival, o time precisa continuar mostrando seriedade e não pode relaxar enquanto não se afastar do risco de uma queda inédita para a Série B do Nacional.

“Será um confronto muito difícil e um resultado positivo seria muito importante para a sequência”, afirma o treinador são-paulino. “Precisamos de resultados que confirmem os bons resultados anteriores. Para isso, teremos de trabalhar muito, com concentração e seriedade.”

O histórico recente de duelos entre Atlético-MG e São Paulo mostra equilíbrio entre os dois times. De 2012 para cá, foram cinco vitórias para cada lado e um empate. Cada time balançou as redes adversárias 13 vezes. Neste ano, os dois vivem uma temporada instável. O São Paulo espera aproveitar o mau retrospecto do Atlético diante de sua torcida neste Nacional – o time alvinegro conquistou apenas 12 pontos em 13 jogos.

Ex-jogador do Atlético-MG, o centroavante Lucas Pratto diz estar confiante de um triunfo no Independência. “Tenho um carinho muito grande pelo Atlético e sei que o Independência é um estádio onde a torcida joga junto”, avalia o jogador. “Esse é um dos piores anos do Atlético como mandante e temos que aproveitar isso, sabendo que podemos conseguir a vitória que precisamos.”

O São Paulo virá a campo com três novidades em relação ao time que começou o jogo contra o Sport, no Morumbi. Júnior Tavares retorna à lateral-esquerda depois de cumprir suspensão, Bruno Alves substitui Arboleda e Gomez entra no lugar de Cueva. Para o treinador, as mudanças alteram um pouco o estilo de jogo que o time vem apresentando. “Essas mudanças alteram um pouco a forma como a equipe atua, é natural. Cada jogador tem suas características e temos de respeitar isso. Não vejo problemas nessas mudanças, ainda que os dois ausentes (Cueva e Arboleda) sejam muito importantes.”

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.