Mark J. Terrill/AP
Mark J. Terrill/AP

Sem Marta, Brasil toma 6 a 1 da Austrália em torneio amistoso nos EUA

Seleção termina participação no Torneio das Nações de maneira vexatória

Estadão Conteúdo

03 Agosto 2017 | 23h06

De maneira vexatória terminou a participação da seleção brasileira feminina de futebol no Torneio das Nações, um quadrangular amistoso realizado nos Estados Unidos. Nesta quinta-feira, no StubHub Center, na cidade de Carson, na Califórnia, o Brasil foi goleado pela Austrália por 6 a 1. Poupada pela técnica Emily Lima, a craque Marta não entrou em campo.

Com o resultado, a seleção brasileira terminou a competição na quarta e última colocação com apenas um ponto - obtido no empate com o Japão na estreia por 1 a 1. No segundo duelo, derrota de virada para os Estados Unidos por 4 a 3 depois de estar vencendo por 3 a 1. As australianas, com três vitórias, se sagraram campeãs e nem precisaram esperar o resultado do duelo entre norte-americanas e japonesas na sequência da rodada dupla.

Com um início animador, a seleção brasileira abriu o placar logo no primeiro minuto de partida. Após cobrança ensaiada de falta pela direita, Tamires rolou para Camila, que acertou um belo chute da entrada da área e fez 1 a 0. Cinco minutos depois, a goleira Daniele defendeu a cobrança de pênalti de Lisa De Vanna, mas a australiana conferiu no rebote e empatou.

Aos 25 minutos, Daniele se destacou novamente e saiu nos pés de De Vanna para salvar o Brasil. Aos 31, Gabi Zaneratto chegou a assustar o gol australiano, mas no minuto seguinte Foord virou a partida para a Austrália. O gol desestruturou o time brasileiro, que no minuto seguinte levou o terceiro novamente com De Vanna. Na sequência, Bia e Andressinha levaram perigo, mas antes do intervalo Gorry acertou chute cruzado e ampliou a vantagem australiana para 4 a 1.

Na segunda etapa, o Brasil seguiu com dificuldades para segurar a velocidade do ataque australiano. Aos 22 minutos, Foord recebeu lançamento em profundidade e fez o quinto. Aos 31, Maria finalizou com perigo e quase descontou. Três minutos depois, Kerr invadiu a área e fechou o marcador em 6 a 1.

O Brasil entrou em campo nesta quinta-feira com Daniele; Letícia, Bruna Benites, Mônica e Tamires; Camila, Djenifer (Maria), Francielle (Debinha) e Andressinha; Ludmila e Bia Zaneratto.

FUTURO - Em uma temporada sem competições oficiais, os próximos dois compromissos do Brasil serão amistosos justamente contra a Austrália - em setembro, ambos em solo australiano, nos dias 16 e 19. O primeiro deles ocorrerá no Pepper Stadium, às 2 horas (de Brasília), em Sydney, e o segundo será no McDonald-Jones Stadium, às 6h30 (também de Brasília), em Newcastle.

Brasileiras e australianas se enfrentaram por duas vezes no ano passado, quando o time nacional superou as adversárias por 3 a 1 em um amistoso realizado em Fortaleza. O duelo serviu como preparação para os Jogos Olímpicos do Rio-2016, no qual o Brasil voltaria a cruzar com as rivais nas quartas de final do futebol feminino, fase em que a seleção triunfou nos pênaltis após empate por 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Agora com três derrotas desde que assumiu o comando da seleção brasileira, Emily Lima prepara o time para o Campeonato Sul-Americano de 2018, no Chile, que será classificatório para o Mundial de 2019, na França, e para a Olimpíada de 2020, em Tóquio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.