Juan Mabromata/AFP
Juan Mabromata/AFP

Sem Messi e Dybala, Argentina faz treino fechado antes de jogo decisivo

Equipe de Jorge Sampaoli enfrenta a seleção peruana na quinta-feira,

Estadão Conteúdo

02 Outubro 2017 | 20h54

Ainda sem contar com algumas de suas principais estrelas, a seleção da Argentina fez seu primeiro treino nesta segunda-feira, em preparação para o duelo decisivo contra o Peru, na quinta, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. Lionel Messi, do Barcelona, e Paulo Dybala, da Juventus, só vão se apresentar nesta terça.

+ Restam sete mil ingressos para jogo entre Brasil e Chile em São Paulo

O volante Javier Mascherano, também do Barcelona, e mais três jogadores que atuam na Rússia - Emiliano Rigoni, Leandro Paredes e Mammana - também vão se apresentar na terça. O atacante Sergio Agüero, do Manchester City, foi cortado após sofrer acidente de carro na semana passada. O técnico Jorge Sampaoli não convocou um substituto.

Sem eles, Sampaoli comandou treino tático modesto nesta segunda. O meia Ángel Di María foi um dos que participou, após se recuperar de lesão sofrida na partida contra a Venezuela, na rodada anterior das Eliminatórias, em setembro.

Com o grupo completo, o treinador vai orientar duas atividades nesta terça, pela manhã e pela tarde. Messi, Mascherano e Dybala devem participar normalmente, após defenderem seus times na Europa, no fim de semana.

Em situação pouco confortável na tabela das Eliminatórias, a Argentina tem 24 pontos e ocupa a quinta colocação, que dá vaga na repescagem, para futuro confronto com a Nova Zelândia. O duelo de quinta será contra o Peru, atual quarto colocado, no estádio La Bombonera, em Buenos Aires.

Portanto, a Argentina só depende de si mesma para garantir a vaga no Mundial da Rússia. Na rodada final, na terça-feira, o time de Sampaoli vai encarar a seleção do Equador, oitavo colocado da tabela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.