Felipe Rau/ Estadão
Felipe Rau/ Estadão

Sem tempo para comemorar o título paulista, Corinthians volta aos treinos

Alvinegro enfrenta Universidad de Chile, quarta-feira, pela Copa Sul-Americana

Gonçalo Junior, Estadao Conteudo

08 Maio 2017 | 17h58

O Corinthians mal teve tempo para celebrar o título paulista, conquistado no último domingo com o empate por 1 a 1 diante da Ponte Preta. Na tarde desta segunda-feira, a equipe se reapresentou e treinou para o jogo de quarta, contra a Universidad de Chile, pela Copa Sul-Americana. Em Santiago, a equipe vai defender a vantagem de 2 a 0 conquistada no jogo de ida, no Itaquerão.

Foram ao gramado do CT Joaquim Grava apenas os jogadores que não atuaram - ou atuaram pouco - na decisão paulista. O meia Rodriguinho e o volante Gabriel, que cumpriram suspensão, participaram normalmente da atividade. Gabriel fez trabalhos complementares ao lado de jogadores que saíram recentemente da base do clube. Os titulares ficaram na parte interna do CT realizando treinos regenerativos. Os familiares dos paraguaios Balbuena e Romero acompanharam o treino.

"É um grupo muito bom. Estou adaptado a tudo, ao Corinthians, ao Brasil, a tudo. Isso também aparece dentro do campo, onde estou mais à vontade, vou bem nos jogos. Quero aumentar minha história aqui", disse Romero, autor do gol do Corinthians na decisão de domingo, em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira.

Jogadores e o técnico Fábio Carille estarão na festa de premiação do Campeonato Paulista na noite desta segunda-feira. A tendência é que a seleção do torneio seja formada principalmente por corintianos. Na manhã desta terça-feira, o elenco viaja a Santiago, onde fará um treino no Estádio Nacional do Chile no período noturno.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.