Sem torcida e sem bola, seleção faz 1.º treino em Weggis

Dezesseis jogadores da seleção brasileira realizaram na manhã desta quarta-feira, em Weggis, os primeiros treinos físicos da preparação para a Copa do Mundo no Estádio Thermoplan, em Weggis, na Suíça. Foi apenas um leve treino físico, sem bola e sem a presença da torcida. Ficaram de fora do treino da manhã os goleiros Dida, Rogério e Júlio César, o zagueiro Luisão, os volantes Edmílson e Gilberto Silva e o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho, os últimos a encerrar a participação na temporada européia, que ganharam um dia a mais de folga antes de realizar a avaliação física - os três últimos jogaram a decisão da Liga dos Campeões, entre Barcelona e Arsenal, na quarta-feira passada. Dos participantes, Ronaldo recebeu atenção especial. Sem jogar há mais de um mês, por causa de uma contusão muscular, ele correu em volta do campo separadamente, por cerca de meia hora. No fim, quando os demais jogadores já tinham terminado o treino, começaram a incentivá-lo aos gritos. Em seu site, o jogador disse que o treino foi mais forte do que os últimos que fez no Real Madrid. "É natural que seja assim. Estou bem e com saudades da bola", disse o atacante. Pela manhã, todos os jogadores foram submetidos a exame de sangue, depois de ficar 12 horas em jejum. Segundo a programação da CBF, o segundo treino desta quarta-feira, agora com a presença dos 23 jogadores, está marcado para as 11h45 (horário de Brasília, cinco horas a menos que em Weggis). Nesta semana, a seleção fará treinos em dois períodos até sábado. Apenas no domingo os jogadores ganham folga e treinam apenas na tarde suíça. Depois do treino, os jogadores tiveram no almoço a companhia do presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, que visitou a concentração acompanhado do presidente da CBF, Ricardo Teixeira e recebeu de presente dois livros - um sobre a história da seleção brasileira e outro sobre a história da CBF.

Agencia Estado,

24 Maio 2006 | 08h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.