1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Sete atletas na Copa das Confederações não foram chamados por Felipão

Rafael Fiuza - O Estado de S. Paulo

07 Maio 2014 | 18h 48

Todos os setores tiveram mudanças com exceção do ataque, mantido em ambos os torneios

SÃO PAULO - A Copa das Confederações foi um teste para o que o Brasil teria pela frente em ano de Copa, tanto dentro quanto fora das quatro linhas. Estádios, mobilidade urbana, aeroportos, hospedagem, entre outros itens foram testados no evento da última temporada. Felipão também fez os seus testes com os jogadores. E sete opções utilizadas nas Copa das Confederações estão fora da Copa do Mundo. Ao menos até o dia 13 de maio, quando o treinador apresentará mais sete atletas que ficarão de sobreaviso, conforme manda a Fifa.

Diego Cavaileri, Réver, Filipe Luís, Fernando, Jean, Jadson e Lucas, por enquanto, não estarão na Copa do Mundo. Convocados para o torneio de 2013, desta vez, eles não foram selecionados por Luiz Felipe Scolari, Carlos Alberto Parreira e comissão técnica.

O goleiro titular do Fluminense era uma das opções de Felipão, mas foi preterido por Victor, após o arqueiro do Atlético-MG ser decisivo no inédito título da Libertadores da América, principalmente nas decisões por pênaltis.

Na defesa, Filipe Luís e Réver perderam as vagas para Maxwell e Henrique. Enquanto o lateral conquistou o posto para a Copa do Mundo na reta final da preparação, com sete convocações nas últimas sete oportunidades, Henrique desperdiçou chances para completar os selecionáveis para a Copa das Confederações após ficar abaixo da média nos amistosos contra Venezuela e Chile. Por já ter trabalhado com o atleta, Felipão apostou na confiança e levará o ex-jogador do Palmeiras para a Copa.

O meio de campo foi o setor que mais sofreu mudanças. Apenas o trio titular na Copa das Confederações, formado por Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar, além de Hernanes, o suplente mais utilizado no torneio, foram mantidos. Os volantes Fernando e Jean, que também joga na lateral-direita, o meia Jadson e o atacante Lucas ficaram fora da lista. Ramires, Fernandinho e Willian, ambos do futebol inglês, foram os escolhidos.

Lucas, meia do PSG, foi o que mais sentiu a ausência. Nas redes sociais, o jogador deixou mensagens religiosas minutos após o anúncio oficial de Felipão. "... Mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus", deixou o jogador no seu Instagram. O jogador, que atua na França, não conseguiu demonstrar na seleção o futebol que apresentou no São Paulo e acabou perdendo a vaga para Willian.

No ataque, nenhuma mudança. O quinteto formado pelos titulares Hulk, Fred e Neymar e os suplentes Jô e Bernard, utilizada na Copa das Confederações, será mantido na Copa. No dia 13 de maio, a seleção brasileira deve enviar à Fifa mais sete nomes que completarão os convocados e poderão ser trocados por jogadores selecionados para a lista dos 23 jogadores apresentada nesta quarta.

COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013

Goleiros - Julio Cesar (Queens Park Rangers), Jeferson (Botafogo) e Diego Cavalieri (Fluminense)

Laterais - Daniel Alves (Barcelona), Filipe Luis (Atlético de Madrid) e Marcelo (Real Madrid)

Zagueiros - Thiago Silva (Paris Saint-Germain), David Luiz (Chelsea), Dante (Bayern de Munique) e Rever (Atlético-MG)

Volantes - Fernando (Grêmio), Hernanes (Lazio), Jean (Fluminense), Luiz Gustavo (Bayern de Munique) e Paulinho (Corinthians)

Meias - Lucas (Paris Saint-Germain), Oscar (Chelsea) e Jadson (São Paulo)

Atacantes - Fred (Fluminense), Neymar (Barcelona), Hulk (Zenit), Jô (Atlético-MG) e Bernard (Atlético-MG)

COPA DO MUNDO 2014

Goleiros - Julio Cesar (Toronto FC), Jefferson (Botafogo) e Victor (Atlético-MG)

Laterais - Daniel Alves (Barcelona), Marcelo (Real Madrid), Maxwell (Paris Saint-Germain) e Maicon (Roma)

Zagueiros - Thiago Silva (Paris Saint-Germain), David Luiz (Chelsea), Dante (Bayern de Munique) e Henrique (Napoli)

Volantes - Luiz Gustavo (Wolfsburg), Paulinho (Tottenham), Fernandinho (Manchester City) e Hernanes (Inter de Milão)

Meias - Oscar (Chelsea), Willian (Chelsea) e Ramires (Chelsea)

Atacantes - Neymar (Barcelona), Fred (Fluminense), Hulk (Zenit), Bernard (Shakhtar Donetsk) e Jô (Atlético-MG)

Copa 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo