1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Site da CBF é atacado por hackers e fica fora do ar

REUTERS

19 Junho 2014 | 19h 30

Antes de começar a entrevista coletiva de Julio Cesar, Rodrigo Paiva explicou o motivo que deixou o site fora do ar

O site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi atacado por hackers e ficou fora do ar momentaneamente nesta quinta-feira, apesar das medidas de proteção adotadas pela entidade conforme informou o diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva. "Nosso site está um pouco lento porque vem sendo atacado", disse ele antes da entrevista coletiva do goleiro Julio Cesar no centro de treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

"Eles enviam arquivos muito pesados. Nós estamos acostumados a receber esses ataques, mas desta vez foi um pouco maior e deixou o site lento. Em alguns momentos ficou até fora do ar", acrescentou Paiva após a entrevista. Durante o período em que esteve inacessível, no final da tarde, o site continha a mensagem "conteúdo não encontrado".

Segundo a CBF, não foi identificada nenhuma motivação específica para os ataques. "Eles fazem só por diversão", disse Paiva. Às 19h, o site da CBF estava funcionando normalmente.