1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Sport vira sobre Colo Colo e garante classificação

FELIPE MENDES - Agencia Estado

23 Abril 2009 | 00h 06

Na Ilha do Retiro, time pernambucano faz 2 a 1 e agora obriga o Palmeiras a vencer fora de casa

Com uma virada sobre o Colo Colo, em casa, o Sport garantiu vaga nas oitavas-de-final da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira. O time pernambucano derrotou os chilenos por 2 a 1, na Ilha do Retiro, e se tornou a primeira equipe do Grupo 1 a avançar na competição.

 

Veja também:

tabela Copa Libertadores - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Foi a primeira vez que o Sport chegou às oitavas da Libertadores, em sua segunda participação no torneio. A primeira ocorreu em 1988, quando os pernambucanos não passaram da primeira fase.

Agora, o Sport lidera o grupo, com dez pontos. Colo Colo e Palmeiras vêm na sequência, com sete cada. Os dois times se enfrentam na próxima semana para decidir a segunda vaga na chave. A LDU, com apenas 4 pontos, não tem mais chances de classificação.

Nesta quarta, o Sport entrou em campo embalado pela conquista do tetracampeonato estadual, no domingo, e pelo empate por 1 a 1 com o Palmeiras, pela Libertadores. Do outro lado, o Colo Colo vinha empolgado pela vitória por 3 a 1 no clássico contra a Universidad de Chile, pelo campeonato nacional.

Para completar, os dois times tinham a mesma pontuação e praticamente as mesmas chances de classificação às oitavas-de-final da Libertadores. As promessas de bom jogo, porém, não se concretizaram no primeiro tempo.

Longe de mostrar a consistência que segurou o Palmeiras na rodada passada, o Sport mostrou pouca organização no ataque e erros na saída de bola. Uma delas, aos 7 minutos de jogo, quase gerou o primeiro gol da partida, para os chilenos. Barrios tabelou com Torres na frente da área e Millar foi travado a tempo.

Após o susto, o Sport passou a apertar a marcação e dificultava a saída do Colo Colo. A tática, no entanto, gerava poucas jogadas ofensivas. O time pernambucano cercava a área, tentando pressionar o adversário, mas parava na defesa bem postada dos chilenos.

Na melhor chance dos brasileiros, Dutra avançou pela esquerda e, perto da marca do pênalti, a bola sobrou para Ciro, que mandou de calcanhar. Quase surpreendido, o goleiro Muñoz defendeu com o pé e evitou o gol, aos 21 minutos.

O segundo tempo começou mais movimentado. O responsável foi Rodrigo Millar, do Colo Colo. Logo aos 4 minutos, Barrios avançou pela direita e rolou para Millar finalizar cruzado. O goleiro Magrão ainda encostou na bola, que bateu na trave antes de entrar.

O Sport respondeu na sequência e quase empatou. Aos 8, Paulo Baier recebeu lançamento na entrada da área e bateu por cima do travessão. Um minuto depois, em novo lançamento, Baier chegou a balançar as redes, mas o árbitro Hector Baldassi assinalou impedimento.

O gol do Colo Colo alterou o panorama do jogo e acordou os brasileiros, que voltaram a pressionar. Dessa vez, a estratégia deu resultado. Aos 14, após jogada rápida pela direita, Fumagalli bateu forte e rasteiro, de fora da área, e acertou a trave. No rebote, Moacir chutou firme e empatou o jogo.

Com uma postura mais ofensiva, o Sport passou a levar mais perigo ao gol de Muñoz. Aos 21, Luciano Henrique chutou forte no canto e quase deixou o time brasileiro na frente. Oito minutos depois, ele tentou novamente dentro da área e a bola sobrou para Vandinho, que, na pequena área, mandou para as redes e definiu o placar.

O Sport encerrará a sua participação na fase classificatória da Libertadores no dia 29, próxima quarta-feira, em Quito, contra a LDU. No mesmo dia, o Palmeiras vai enfrentar o Colo Colo, em Santiago, na última partida do Grupo 1.

SPORT RECIFE 2 X 1 COLO COLO (CHI)

Sport - Magrão; Igor, César e Durval; Moacir, Daniel Paulista, Hamilton (Luciano Henrique), Paulo Baier (Guto) e Dutra; Ciro (Fumagalli) e Vandinho. Técnico: Nelsinho Baptista.

Colo Colo - Muñoz; Figueroa, Jara, Mena e Salcedo; Sanhueza, Melendez (Gonzaléz), Millar (Carranza) e Torres; Barrios e Cereceda (Caroca). Técnico: Gualberto Jara.

Gols - Millar, aos 4, Moacir, aos 14, e Vandinho, aos 29 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Dutra (Sport); Melendez, Millar, González (Colo Colo).

Árbitro - Hector Baldassi (ARG).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio da Ilha do Retiro, em Recife (PE).