1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Futebol Internacional

Stuttgart demite técnico após empate com lanterna e já define substituto

AE-AP - Agência Estado

09 Março 2014 | 12h 57

Empate por 2 a 2 com o Eintracht Braunschweig não foi suficiente para salvar Schneider

STUTTGART - A diretoria do Stuttgart anunciou neste domingo a saída do técnico Thomas Schneider e já definiu o holandês Huub Stevens como o seu substituto. Schneider, que assumiu o time em agosto do ano passado após a queda de Bruno Labbadia foi demitido "com efeito imediato", juntamente com os assistentes técnicos Alfons Higl e Tomislav Maric, confirmou o clube alemão em seu site oficial.

O empate por 2 a 2 no sábado, em casa, com o lanterna Eintracht Braunschweig não foi suficiente para salvar Schneider após uma série de oito derrotas consecutivas no Campeonato Alemão. "A direção tomou esta decisão em conjunto com Thomas Schneider", disse o presidente do Stuttgart, Bernd Wahler, que também sugeriu a possibilidade do técnico, de 41 anos, assumir outra função no clube no futuro.

"A atual situação esportiva forçou os responsáveis pelo clube a dar este passo difícil". O holandês Stevens assume o Stuttgart nesta segunda-feira, com a meta de evitar o rebaixamento do time. Campeão alemão em 2007, a equipe está em 15º lugar, empatado em 20 pontos com o Hamburgo, que é o 16º e estaria disputando a repescagem contra o terceiro lugar da segunda divisão por uma vaga na elite.

O time ainda tem dez partidas a realizar no Campeonato Alemão. Stevens foi demitido pelo grego PAOK, na semana passada, após uma série de maus resultados. O treinador, de 60 anos, teve duas passagens de sucesso pelo Schalke 04, sendo campeão da Copa da Uefa (a atual Liga Europa) em 1997 e da Copa da Alemanha em 2001 e 2002. Stevens também treinou o Hertha Berlim, o Colônia e o Hamburgo no futebol alemão.

Futebol Internacional