1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Sucesso dos últimos anos pressiona o Uruguai na Copa, diz Forlán

REUTERS

13 Junho 2014 | 11h 45

O atacante Diego Forlán, um dos astros da seleção uruguaia, reconheceu que os êxitos obtidos pela "celeste" nos últimos anos aumentam a pressão na Copa do Mundo do Brasil.

O Uruguai, que tem dois títulos mundiais, é o último campeão da América e quatro anos atrás foi o quarto colocado no Mundial da África do Sul.

"O Uruguai é um país pequeno, mas com muita história no futebol. Conquistamos tantas coisas que as pessoas sempre esperam que façamos grandes coisas. Mas com tudo que aconteceu no últimos quatro anos, esperam muito mais", disse Forlán em entrevista ao jornal britânico The Guardian, publicada nesta sexta-feira.

"O povo do Uruguai espera que as coisas saiam melhores que na última Copa do Mundo", acrescentou.

Forlán, que atualmente joga no Cerezo Osaka, do Japão, fez parte da seleção que surpreendentemente chegou à semifinal na África do Sul, onde o atacante foi eleito o melhor jogador do torneio.

No Brasil, o jogador de 35 anos pode recuperar seu protagonismo, já que o artilheiro do Uruguai, Luis Suárez, foi operado no final de maio de uma lesão no joelho esquerdo e não deve disputar a primeira partida da equipe.

O Uruguai, que derrotou o anfitrião Brasil na final da Copa de 1950 no chamado ‘Maracanazo’, irá estrear frente à Costa Rica no sábado, e posteriormente enfrentará Inglaterra e Itália no Grupo D.

(Por Irene Schreiber)