1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Técnico da Costa do Marfim deixa cargo após eliminação

Agência Estado

24 Junho 2014 | 20h 31

Treinador de 42 anos esteve próximo de levar a Costa do Marfim para as oitavas do Mundial pela primeira vez na história do país

O gol de pênalti marcado por Samaras, aos 47 minutos do segundo tempo da partida entre Grécia e Costa do Marfim foi o último lance da passagem do técnico francês Sabri Lamouchi pela seleção africana. Após a partida, que classificou os gregos para as oitavas de final do Mundial, o treinador anunciou a sua saída do comando da equipe.

"Meu contrato termina junto com esta Copa do Mundo e eu não continuarei, vocês entendem por que. É lógico, uma vez que não tivemos sucesso nem na Copa Africana de Nações nem na Copa do Mundo. Minha história com a Costa do Marfim acaba desgraçadamente nesta noite", disse Lamouchi, em entrevista coletiva.

O treinador de 42 anos - o segundo mais novo da Copa - ficou perto de levar a Costa do Marfim para as oitavas de final pela primeira vez na história do país. Depois de vitória por 2 a 1 sobre o Japão, de virada, e derrota por 2 a 1 para a Colômbia, os africanos iam empatando com a Grécia e garantindo a vaga, que escapou por entre os dentes no pênalti cobrado por Samaras.

Giorgi Locovski/EFE
Lamouchi disse que o contrato termina junto com a Copa

Quando estava no auge da carreira de jogador, aos 27 anos, no Auxerre, Sabri Lamouchi quase jogou a Copa do Mundo de 1998. Então meia, ele foi convocado para a reserva de Zidane, mas acabou entrando no último corte e não disputou o Mundial. Aposentado em 2009, recebeu, três anos depois, o convite para assumir a seleção marfinense. Na primeira Copa, não passou da primeira fase.

Copa 2014