Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Técnico do Palmeiras valoriza ponto conquistado contra o Cruzeiro

Empate por 2 a 2, em casa, fez diferença para o líder cair para cinco pontos

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2017 | 23h09

Embora o Palmeiras tenha diminuído apenas um ponto da distância para o líder Corinthians - hoje ela é de cinco pontos (59 a 54) -, o técnico Alberto Valentim preferiu valorizar o ponto conquistado após o time ter ficado duas vezes atrás no placar. 

+ Palmeirenses apostam no confronto direto com Corinthians​

“Gostei do jogo. Encontramos uma equipe muito forte. Concedemos algumas chances, por erros nossos, mas gostei da forma que encaramos o jogo. Era importante para subirmos na classificação. Os jogadores estão de parabéns porque conseguimos um ponto importante”, afirmou o treinador em entrevista coletiva no Allianz parque. “Estávamos atrás do resultado, foi um ponto ganho com certeza”, completou. 

Valentim negou que o gol contra de Juninho, logo aos cinco minutos de jogo, tenha atrapalhado o plano da partida. “A ideia de jogo é de não mudar a postura do time. Quando saiu o gol tentei passar isso, que continuássemos jogando. Eles fizeram bem. Depois do segundo gol, nos perdemos um pouquinho, mas retomamos rápido. A ideia é ter o mesmo padrão de jogo independentemente do resultado”, afirmou.

Na opinião do treinador, o lance do primeiro gol foi uma infelicidade. "O primeiro gol foi uma infelicidade. Preciso ver o lance, talvez se ele tivesse tentado tirar com o pé direito. Ele estava posicionado, o Edu faz bem a cobertura na frente da zaga, e o Juninho que vinha por trás. No segundo, nós precisaríamos estar um pouco mais encaixados. Acabou rebatendo com o próprio Juninho, e o Robinho foi feliz", afirmou Valentim. 

Mais conteúdo sobre:
Palmeiras Corinthians Alberto Valentim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.