Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Técnico francês exalta atuação 'fantástica' do atacante Benzema

Futebol

Esportes

Copa 2014

Técnico francês exalta atuação 'fantástica' do atacante Benzema

Deschamps salientou, porém, que, no geral, houve um espírito de equipe decisivo na vitória por 3 a 0 sobre a seleção hondurenha

0

Agência Estado

15 Junho 2014 | 20h48

O técnico da França, Didier Deschamps, ficou muito feliz pela vitória de sua equipe neste domingo contra a seleção de Honduras e exaltou a atuação do atacante Karim Benzema, que marcou dois gols na vitória francesa por 3 a 0. "Karim foi fantástico. Ele marcou e foi decisivo", disse o treinador, em entrevista coletiva à imprensa em Porto Alegre.

Deschamps salientou, porém, que, no geral, houve um espírito de equipe decisivo. "Escolhemos muito bem, de acordo com os adversários. Eu queria uma linha ofensiva móvel e rápida. Karim, Mathieu e Antoine a fizeram muito bem", afirmou. "Os três foram muito bem e fantásticos e desestabilizaram a outra equipe", avaliou.

Benzema também comemorou a vitória e lembrou da importância da estreia. "É a minha primeira Copa do Mundo e acho que estamos todos satisfeitos com o resultado", destacou. "Era importante vencer este jogo", acrescentou.

Para Deschamps, o começo da França foi positivo, já que uma vitória na estreia era muito importante. "Jogamos contra Honduras. Eles jogaram bem, defenderam bastante e com força, até conseguirmos fazer com que se abrissem no fim da primeira etapa", disse o técnico, para quem os franceses poderiam ter feito mais gols na partida.

O treinador da França também falou sobre o segundo gol de sua equipe, que necessitou do uso da tecnologia do chip da bola para ser confirmado, já que a bola ultrapassou por apenas alguns centímetros a linha. "Me pareceu muito positivo porque o gol vale", opinou, lembrando que o técnico adversário ficou irritado. "O árbitro recebeu o sinal. O telão mostrou uma imagem que não correspondia ao gol. Correspondia quando a bola tocou o poste. Depois, quando o goleiro tocou nela, apareceu a imagem da bola ultrapassando", continuou.

Deschamps ainda comentou sobre a substituição do meia Pogba, que havia recebido um cartão amarelo na primeira etapa. "Pogba recebeu uma falta grave e eu não o vi muito bem. Houve uma reação de sua parte que não teve consequências, mas que poderia ter", afirmou o técnico. "No intervalo, eu disse para ele ter cuidado, porque tinha cartão", informou, complementando fez o mesmo com os outros jogadores que tinha recebido o cartão amarelo.

O treinador francês também avaliou o ânimo dos componentes da equipe. "Meus jogadores estão felizes, mas com moderação. Eles têm conhecimento que responderam bem a este primeiro encontro, mas não há euforia", analisou. "É a primeira partida e os jogadores sabem que têm um longo caminho pela frente", considerou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.