Teixeira descarta volta de Felipão

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, praticamente descartou a possibilidade de o técnico Luiz Felipe Scolari voltar a dirigir a seleção em janeiro de 2003, quando deve ocorrer o anúncio do novo treinador do time. O dirigente relutou em falar do assunto. Diante da insistência dos repórteres, acabou dando mais do que uma pista. "No almoço (na CBF, há duas semanas), pedi que continuasse. Ele não quis. Seria total falta de bom senso voltar atrás." Ricardo Teixeira também negou uma "coincidência premeditada" entre a decisão de anunciar o novo técnico no início de 2003 e a disposição de Felipão de passar os últimos meses de 2002 descansando, retomando as atividades de campo em janeiro. "Não venham fazer essas relações, porque são fantasiosas", disse o presidente da CBF. Se um retorno de Felipão à seleção pode não estar tão próximo, não quer dizer que esteja fora de cogitação. Ricardo Teixeira deixou isso claro ao se dizer grande admirador do trabalho do técnico e comentar que qualquer brasileiro gostaria de ver Felipão novamente na equipe. Mas, com um convite a outro treinador em 2003, uma eventual volta de Felipão ficaria condicionada ao desempenho do novo ocupante do cargo. Indagado sobre as qualidades de Oswaldo de Oliveira, Vanderlei Luxemburgo e Carlos Alberto Parreira, principais candidatos à sucessão de Felipão, o presidente da CBF limitou-se a dizer que são bons técnicos. Ele afirmou também que o técnico da seleção principal será, no mínimo, consultado sobre a escolha de quem vai trabalhar com a seleção pré-olímpica. Sobre quem dirigirá a equipe no próximo e último amistoso do ano, em novembro, ainda sem adversário e local definidos, Ricardo Teixeira deu a entender que fará da escolha uma homenagem, sem afetar os clubes que disputam o Campeonato Brasileiro. "Seria uma barbaridade tirar um técnico do campeonato para um jogo só", explicou. Depois, desconversou sobre o acerto para a contratação do ex-jogador Falcão para coordenador-técnico da seleção.

Agencia Estado,

21 Agosto 2002 | 17h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.