1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Time da Abkházia oferece a Suárez oportunidade de continuar jogando

DMITRIY ROGOVITSKIY - REUTERS

04 Julho 2014 | 10h 18

O Nart FC, clube da Abkházia, está disposto a oferecer a Luis Suárez a chance de continuar jogando durante a suspensão por quatro meses imposta pela Fifa por causa da mordida no zagueiro italiano Giorgio Chiellini durante a Copa do Mundo.

Além de ter sido expulso do Mundial, o uruguaio de 27 anos recebeu outra suspensão por nove partidas de competição pela seleção uruguaia por causa do incidente ocorrido no último jogo pelo Grupo D.

A República da Abkházia está localizada no território da Geórgia, mas reivindicou a independência em seguida à breve guerra da Geórgia com a Rússia em agosto de 2008.

O território ainda não foi amplamente reconhecido pela comunidade internacional, e a federação de futebol local não faz parte da Fifa.

Gennady Tsvinariya, presidente do Nart FC, disse que Suárez poderia jogar no campeonato abkházio.

"Claro que não podemos oferecer ao jogador uruguaio um pacote financeiro como os que está acostumado a ter, mas o campeonato Abhkázio está em seu auge", disse Tsvinariya à agência de notícias ITAR-TASS.

"Podemos oferecer a Suárez a chance de manter sua forma competitiva."

O Hajvalia, do Kosovo, já havia oferecido ao atacante do Liverpool - que estaria mantendo negociações com o Barcelona - uma chance de jogar durante seu período de suspensão.

A Federação de Futebol do Kosovo também não integra a Fifa, não sendo obrigada a obedecer às decisões da entidade.