1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Futebol Internacional

Time de Felipão paga 42 milhões de euros por Jackson Martínez

- Atualizado: 02 Fevereiro 2016 | 22h 24

Colombiano deixa o Atlético de Madrid para jogar no Guangzhou Evergrande

O futebol chinês, protagonista da atual janela de transferências na Europa, ainda não parou de contratar. Um dia depois de fechar o período de aquisições nos principais mercados, como Itália, Inglaterra e Espanha, foi definida a principal transação do inverno no Velho Continente. O colombiano Jackson Martínez vai trocar o Atlético de Madrid pelo Guangzhou Evergrande, equipe chinesa comandada por Luis Felipe Scolari, por especulados 42 milhões de euros.

Até o início da madrugada de quarta-feira na Espanha, o negócio não havia sido confirmado oficialmente nem pelo Atlético de Madrid nem pelo Guangzhou Evergrande, mas os principais veículos de comunicação da Espanha já noticiam a transferência, inclusive com imagens de Martínez assinando o contrato.

Jackson Martínez deixa o Atlético de Madrid por 42 milhões de euros e vai jogar no Guangzhou Evergrande
Jackson Martínez deixa o Atlético de Madrid por 42 milhões de euros e vai jogar no Guangzhou Evergrande

A se confirmar o valor de 42 milhões de euros, trata-se da transferência mais cara da história do futebol asiático. Também seria a maior compra da atua janela, superando outra aquisição da China: a ida do brasileiro Ramírez do Chelsea para o Jiangsu Suning por especulados 26 milhões de euros.

Com Martínez, o mercado chinês consolida seu novo interesse: jogadores colombianos que se destacam na Europa. Só nos últimos dias fecharam com clubes da China o volante Fredy Guarín (trocou a Inter de Milão pelo Shanghai Shenhua) e o atacante Fredy Montero (do Sporting para o Tianjin Teda). Também há um interesse crescente em africanos, tanto que foram para lá o camaronês Stéphane Mbia (do Trabzonspor, da Turquia, para o Hebei China Fortune) e o marfinense Gervinho (da Roma para o Heibei)

As outras grandes aquisições da China na atual janela de transferências foram de brasileiros: Ramires no Jiangsu Suning, Geuvânio, Jadson e Luis Fabiano no Tianjin Quanjian, Gil no Shandong Luneng e Renato Augusto e Ralf no Beijing Guoan.

Martínez chega ao time de Felipão para suprir a saída do brasileiro Elkeson, que se transferiu para o rival Shanghai SIPG, por valor semelhante ao gasto pelo Heibei para contar com Gervinho. O colombiano custou 35 milhões de euros ao Atlético de Madrid no meio do ano passado e agora o clube espanhol deve gastar o arrecadado para recontratar Diego Costa.

Futebol Internacional
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX