Nacional, que pode ajudar o Palmeiras, tem nove desfalques para encarar o Rosario

O Palmeiras precisa vencer o River Plate-URU e torcer para que o Nacional-URU vença em casa o Rosario Central nesta quinta-feira, às 21h45, para avançar na Copa Libertadores. O problema, porém, é que o time uruguaio estará desfigurado para encarar os argentinos. No total, o time terá nove desfalques, entre machucados e poupados.

O Estado de S.Paulo

13 Abril 2016 | 16h37

Sebastián Fernández, Gonzalo Porras, Matías Cabrera e Mathías Olivera estão com caxumba. O goleiro Esteban Conde, além de Nicolás López e Santiago Romero serão poupados, por estarem pendurados com dois cartões amarelos e, se forem advertidos, ficarão fora do primeiro jogo das oitavas de final - os cartões serão zerados na próxima fase.

Como já está classificado, o técnico Gustavo Munúa vai aproveitar para dar um descanso ao zagueiro Victorino, que tem atuado com frequência nos últimos jogos, tanto pelo Nacional quanto pela seleção uruguaia. Completa a lista, o lateral Fucile, suspenso.

Cheio de problemas, o Nacional deve ir a campo com Luis Mejía; Sebastián Gorga, Erick Cabaco, Diego Polenta e Alfonso Espino; Eguren e Carballo; Leandro Barcia, Ignacio González e Kevin Ramírez; Léo Gamalho.

O Nacional é líder do grupo com nove pontos, seguido pelo Rosario Central com oito, o Palmeiras tem cinco e o River Plate soma três.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.