1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Reservas do Grêmio sofrem para bater o Veranópolis

- Atualizado: 11 Fevereiro 2016 | 00h 48

Atacante Bobô marca o único gol do jogo

Com time praticamente todo reserva, o Grêmio esteve longe de empolgar nesta quarta-feira, mas fez o suficiente para vencer o Veranópolis por 1 a 0, fora de casa, em pela terceira rodada do Campeonato Gaúcho. Bobô marcou o único gol da partida, na qual o Grêmio teve apenas Giuliano da equipe titular.

O gol foi marcado aos 5 minutos do segundo tempo, quando Lincoln acertou bela enfiada para Bobô invadir a área e bater entre as pernas do goleiro do Veranópolis. O gol marcou a concretização do domínio que o time visitante já vinha demonstrando desde a metade do primeiro tempo.

Giuliano foi o único titular do Grêmio na vitória sobre o Veranópolis
Giuliano foi o único titular do Grêmio na vitória sobre o Veranópolis

Na etapa inicial, foram duas boas chances de gol para o time gremista. Em uma delas, Lincoln acertou o travessão, após belo passe de Giuliano. O Veranópolis, até então, oferecia poucas ameaças ao gol defendido pelo goleiro Bruno Grassi - o técnico Roger Machado poupou quase todo o time visando a estreia do Grêmio na Copa Libertadores, na próxima semana.

O time da casa, no entanto, cresceu no segundo tempo, após levar o gol. E criou chances suficientes para virar o placar. Contudo, parou na defesa gremista ou nos próprios erros. Em uma das melhores oportunidades dos anfitriões, aos 22, Júlio Madureira e Zambi bateram cabeça literalmente dentro da área e Madureira acabou cabeceando para fora, em lance atrapalhado. Zambi teve outras duas boas chances no ataque, sem sucesso.

Com o triunfo, o Grêmio manteve o 100% de aproveitamento no Campeonato Gaúcho. E divide a liderança com o Juventude, ambos com nove pontos conquistados até agora. O Veranópolis é o 11º, com apenas um ponto.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX