1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Titulares recebem crianças, mas não treinam na seleção

LEANDRO SILVEIRA - Agência Estado

25 Junho 2014 | 13h 49

O treinamento desta quarta-feira da seleção brasileira na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), começou atrasado, mas por uma boa causa. Antes de começarem o aquecimento, os jogadores convocados pelo técnico Luiz Felipe Scolari para a Copa do Mundo confraternizaram com 50 crianças de comunidades carentes de Teresópolis. A atividade, porém, não teve a presença de nove titulares.

Essas crianças são sobreviventes da tragédia que assolou a cidade da região serrana do Rio em 2011, quando centenas de pessoas morreram e perderam suas casas e bens em razão da forte chuva. Assim, a CBF trabalhou com grupos para selecionar as crianças para acompanharem um treinamento na Granja Comary.

Logo que desceram ao campo, os jogadores seguiram em direção ao grupo de crianças, que deixou a pequena arquibancada do centro de treinamentos da seleção, e brincaram com elas, acompanhados pela comissão técnica e também pelo presidente da CBF, José Maria Marin. O dirigente chegou ao local momentos antes, em um helicóptero.

Os jogadores permaneceram com as crianças por mais de 15 minutos, em um contato direto muito sonhado por elas. Assim, puderam tirar dezenas de fotos e também entregaram bolas de futebol. E foram saudadas com uma salva de palmas.

Em seguida, todos os jogadores que foram titulares na seleção na vitória por 4 a 1 sobre o México, na última segunda-feira, em Brasília, seguiram para a academia da Granja Comary, para realizarem trabalhos regenerativos. As exceções foram o goleiro Julio Cesar e o volante Paulinho, que iniciaram a atividade ao lado dos reservas.

Assim, a definição sobre a escalação do Brasil para o duelo com o Chile, sábado, no Mineirão, em Belo Horizonte, pelas oitavas de final da Copa, ficou para o treinamento desta sexta-feira, também marcado para as 13 horas, em Teresópolis.

Copa 2014