1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Torcedor morre após ser atingido por um vaso sanitário no Recife

O Estado de S. Paulo

03 Maio 2014 | 00h 18

Briga de torcidas teria motivado arremesso do objeto da arquibancada do Estádio do Arruda

Atualizado à 1h10

RECIFE - Uma morte inesperada marcou a terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Um torcedor morreu ao ser atingido por um vaso sanitário no Estádio do Arruda, no Recife, durante a partida entre Santa Cruz e Paraná nesta sexta-feira. Segundo a Polícia Militar, a vítima foi identificada como Paulo Ricardo Gomes da Silva. Ele vestia uma camiseta preta e é torcedor do Sport, cuja torcida organizada é aliada da uniformizada do Paraná. O agressor ainda não foi identificado.

 

O objeto foi atirado da parte superior das arquibancadas e caiu perto dos portões 6 e 7, na Rua das Moças, um dos principais acessos ao local. Uma briga entre as torcidas, iniciada após o fim da partida, teria motivado o ocorrido.

 

Até a 0h50 deste sábado o corpo do rapaz, envolvido por um lençol, permanecia no local enquanto o Instituto de Criminalística trabalhava na investigação. Durante a perícia policial, constatou-se que o torcedor tinha uma tatuagem do Sport no abdôme e estaria envolvido em briga de torcidas organizadas, segundo informações de repórter da TV Tribuna Band, Matheus Sukar, de Recife.

Outras duas vítimas teriam sido encaminhadas para uma Unidade de Pronto Atendimento no bairro de Torrões com ferimentos.

A partida entre Santa Cruz e Paraná terminou empatada por 1 a 1. Luciano Sorriso abriu para o time da casa e Marcos Serrato deixou tudo igual para os visitantes.