1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Torcedor sofre para se alimentar dentro do Itaquerão

LEANDRO SILVEIRA E FELIPE ROSA MENDES - Agência Estado

12 Junho 2014 | 15h 34

Nem tudo foi motivo de celebração para quem foi na tarde desta quinta-feira no Itaquerão, estádio de São Paulo que recebe o primeiro jogo da Copa do Mundo. O torcedor que desejou se alimentar antes da cerimônia de abertura da competição e do apito inicial de Brasil x Croácia encontrou dificuldades em razão dos problemas em algumas lanchonetes.

Algumas delas demoraram a serem abertas. Enquanto isso, outras apresentaram problemas, sendo o principal deles a falta de produtos. Quiosques não contavam com a água, refrigerante e cerveja - ao contrário do que acontece normalmente nos estádios brasileiros, o consumo e comercialização de bebidas alcoólicas estão liberados na Copa do Mundo. Uma lanchonete, inclusive, teve o seu guichê fechado pela falta de produtos.

Assim, o que se viu foram grandes filas de espera nas lanchonetes que funcionavam normalmente. E o torcedor acabou pagando caro, R$ 10 ou R$ 13, dependendo da marca, por um copo de 473ml de cerveja, ou R$ 8, por 600ml de um refrigerante.

Mas o transtorno enfrentado pelos torcedores não diminuiu o clima de confraternização no Itaquerão. O estádio recebe, além da imensa maioria de torcedores do Brasil e de alguns croatas, fãs de todas as partes do mundo, com camisas de equipes como Equador, Peru, México, Colômbia e Holanda para o jogo de abertura da Copa, a partir das 17 horas.

Copa 2014