Torcida paraguaia ironiza Maldini

A vitória por 1 a 0 sobre o Brasil na ?festa do penta?, nesta quarta-feira em Fortaleza, produziu efeitos imediatos no futebol paraguaio. Além de devolver a auto-confiança aos jogadores, a façanha renovou a maldição dos torcedores em relação ao técnico italiano César Maldini. Para muitos, o treinador foi o responsável pela eliminação do time nas oitavas-de-final da Copa do Mundo e a vitória sobre os pentacampeões apenas confirmou a tese. A impressão dos torcedores e da imprensa foi reforçada ainda mais, com a ótima atuação do atacante Cuevas, do River Plate, que chegou a fazer o gol da vitória sobre os brasileiros. A torcida paraguaia considera Cuevas um injustiçado. Para ela, o atacante do River Plate deveria ser o titular do time na Copa do Mundo. Os torcedores lembram que ele entrou na partida contra a Eslovênia, fez dois gols e garantiu a classificação da equipe para a segunda fase do Mundial. Só que no jogo seguinte, Maldini decidiu mandá-lo de volta ao banco de reservas. "Cada vez eu odeio mais o Maldini", foi a frase mais ouvida nas emissoras de rádio do Paraguai, nesta manhã de quinta-feira.

Agencia Estado,

22 Agosto 2002 | 13h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.