AP Photo/Kirsty Wigglesworth
AP Photo/Kirsty Wigglesworth

Tottenham leva gol de ex-Flu, perde fora e deixa Chelsea mais perto do título

Lanzini anota o tento que garante a vitória do West Ham

O Estado de S.Paulo

05 Maio 2017 | 18h02

Pressionado no Campeonato Inglês, o Tottenham não resistiu ao West Ham nesta sexta-feira, fora de casa, e deixou o Chelsea mais perto do título. No duelo londrino que abriu a 36ª, o time anfitrião contou com grande atuação do goleiro Adrian para vencer por 1 a 0, com gol do meia argentino Lanzini, que teve passagem pelo Fluminense.

Com o resultado, o Tottenham estacionou nos 77 pontos, contra 81 do Chelsea. O líder do campeonato poderá abrir sete pontos de vantagem na ponta se vencer o Middlesbrough, na próxima segunda-feira, em Stamford Bridge. Os dois primeiros colocados têm mais três jogos no Inglês, o que coloca nove pontos ainda em disputa.

Já o West Ham chegou aos 42 pontos e deu um salto, ainda que provisório, na tabela. Trocou o 15º pelo 9º lugar na classificação. De qualquer jeito, o time não tem mais chances de brigar por vaga nas competições europeias da próxima temporada.

O JOGO

Precisando da vitória para não deixar o Chelsea escapar na tabela, o Tottenham dominou o primeiro tempo na casa do West Ham. Criou, porém, poucas chances para abrir o placar. As duas únicas oportunidades de gol vieram em sequência aos 20 e aos 21 minutos.

Na primeira, Harry Kane bateu forte da entrada da área e Adrian fez bela defesa, ao espalmar. No rebote, o goleiro fez mais uma boa defesa. No minuto seguinte, Dier cabeceou com perigo e Adrian precisou intervir novamente para evitar o gol do Tottenham.

Do lado do West Ham, a melhor oportunidade em disparada de Lanzini, ex-jogador do Fluminense, aos 26 minutos. Diante da correria do jogador, o goleiro Lloris se adiantou e saiu da área. No entanto, foi desajeitado e acertou no meio de Lanzini. O árbitro nem falta marcou, causando revolta entre os jogadores do time da casa.

No segundo tempo, Adrian continuava fazendo a diferença para o time da casa, como aconteceu aos 17, quando defendeu finalização cruzada e rasteira de Son. Faltava somente que o ataque do West Ham começasse a funcionar para fazer a alegria da torcida.

E foi o que aconteceu dois minutos depois. Em bate-rebate na área, a bola sobrou para Lanzini encher o pé, quase na pequena área, e estufar as redes. O West Ham ainda quase ampliou o marcador com gol de um ex-jogador do São Paulo. Aos 30, Calleri bateu forte de dentro da área, sem marcação, e parou em grande defesa de Lloris. Nos minutos finais, o Tottenham impôs pressão, mas a defesa do West Ham soube se proteger para garantir a vitória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.