Enrique Marcarian / EFE
Enrique Marcarian / EFE

Três brasileiros já estão garantidos nas oitavas da Libertadores, Flamengo é o primeiro eliminado

Veja panorama da situação dos oito clubes do País no torneio continental

Luis Filipe Santos*, Estadão Conteúdo

18 Maio 2017 | 11h47

Das oito equipes brasileiras que disputam a Copa Libertadores, quatro têm sua situação definida. Atlético-MG, Santos e Atlético-PR estão garantidos nas oitavas de final da competição. O Flamengo é o único eliminado e agora vai se concentrar na Sul-Americana e no Brasileirão. Outros representantes do Brasil no torneio, Palmeiras, Botafogo e Grêmio, têm situação favorável. A Chapecoense terá de resolver imbróglio judicial, mas dentro de campo depende apenas de si para avançar. 

Na última rodada do Grupo 6, o Flamengo precisava apenas de um empate com o San Lorenzo na Argentina para se classificar. O time carioca abriu o placar com Rodinei no primeiro tempo, mas recuou e terminou por levar a virada nos minutos finais da segunda etapa, aos 47.

O resultado ainda poderia ter dado a vaga ao Flamengo se o Atlético-PR não tivesse vencido a Universidad Católica no Chile. Em jogo que também contou com uma virada e gols nos últimos minutos, o time chileno abriu o marcador com Santiago Silva, e os paranaenses viraram para 2 a 1. A Católica ainda conseguiu o empate, mas Carlos Alberto fez o terceiro gol, classificando o Atlético e eliminando os cariocas. Esta chave era chamada de ‘Grupo da Morte’.

LA PAZ

Jogando na altitude de La Paz, o Santos garantiu a classificação antecipadamente com empate de 1 a 1 diante do The Strongest. O alvinegro praiano segurou o resultado mesmo com um jogador a menos desde os 22 minutos do primeiro tempo. Como Santa Fe e The Strongest, segundo e terceiro colocados do Grupo 2, respectivamente, se enfrentam na última rodada, o time paulista já tem vaga garantida.

O Atlético-MG assegurou a classificação, e o primeiro lugar do Grupo 6, ao golear o Godoy Cruz por 4 a 1 na terça-feira. Já estava garantido. Com os seis jogos de grupos realizados, o time de Roger Machado soma 13 pontos e aguarda definição da última rodada para saber se terá a melhor campanha desta fase.

Quem pode garantir a classificação nesta quinta é o Botafogo. Basta vencer o Atlético Nacional no estádio Nilton Santos, no Rio. A vaga pode vir também com empate, caso o Barcelona de Guayaquil derrote o Estudiantes-ARG. Se perder, o alvinegro carioca precisará ganhar do time argentino fora de casa na última rodada para avançar às oitavas sem depender de outros resultados.

PALMEIRAS

Na próxima semana, o Palmeiras entra em campo para definir seu futuro. Podendo até perder por 1 a 0, os comandados de Cuca recebem o Atlético Tucumán pelo Grupo 5. O jogo será no Allianz Parque e a equipe argentina não contará com o artilheiro Zampedri, que está machucado. O Palmeiras quer a vitória para avançar como primeiro colocado.

No Sul, o Grêmio precisa apenas de um empate com o Zamora-VEN, último colocado do Grupo 8 e único time no torneio que não conseguiu pontuar, para conseguir sua vaga. O tricolor gaúcho encerra participação na fase de grupos em partida na próxima quinta-feira, em casa.

DECISÃO FORA DE CAMPO

A Chapecoense voltou a ficar em boa situação após superar o Lanús-ARG fora de casa por 2 a 1. O time de Chapecó está na terceira colocação do Grupo 7, com a mesma pontuação do rival argentino: sete pontos. A Chape joga contra o eliminado Zulia-VEN em casa na última rodada, enquanto Lanús e Nacional-URU fazem confronto de vida ou morte. Os catarinenses, porém, podem perder pontos pela escalação irregular de Luis Otavio na última rodada. O jogador foi expulso na partida contra o Nacional, e cumpriu suspensão pela Recopa Sul-Americana. Momentos antes de entrar em campo, o delegado da partida informou que o atleta havia sido suspenso por três jogos. Alegando não ter sido informada pela Conmebol oficialmente, a Chapecoense bancou a escalação do atleta.

* Estagiário, sob supervisão de Robson Morelli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.